Eduardo Baptista elogia Renato e planeja “agredir” o Santos

O volante Renato ficou pouco mais de um mês no departamento médico do Santos. O jogador retornou ao time do Peixe na última quarta-feira, e mostrou que tem estrela ao marcar o segundo gol da vitória sobre o The Strongest. Adversário de Renato neste domingo, pelo Campeonato Paulista, o técnico palmeirense Eduardo Batista elogiou o experiente volante.

“O Santos voltou com o bom futebol, o Renato qualifica muito a saída de bola, toda a construção de jogada começa com ele e tem que ter atenção. É uma marcação diferente porque ele trabalha quase como último homem entre os zagueiros. É um jogador importante, assim como o Lucas Lima e o Ricardo Oliveira”, disse Eduardo Batista.

No último treino aberto aos jornalistas, Eduardo não confirmou a equipe que entra em campo contra o Santos. A única baixa do Palmeiras é o zagueiro Vitor Hugo, que cumpre suspensão por cotovelada no corintiano Pablo. Eduardo espera força máxima para poder “agredir” o adversário.

“É importante marcar o Santos. Se ir lá só para defender, vai ter um placar adverso. O Santos, próximo da entrada da área, é um time muito perigoso. Possui um bom sistema defensivo, bem consolidado. Tem que jogar, marcando e neutralizando as principais peças do time, mas também tem que agredir”, exaltou o comandante.

O técnico do Palmeiras voltou a afirmar que não possui um time ideal, e que deve dar “rodagem” a seus jogadores. Mesmo sem se preocupar com o tabu de mais de seis anos sem vencer o Peixe na Vila Belmiro, em partidas do Paulistão, Eduardo deve escalar os jogadores que vêm atuando como titulares.

Santos e Palmeiras se enfrentam neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. Caso vença o clássico, o Verdão garante classificação antecipada às quartas de final do Campeonato Paulista.

* Especial para a Gazeta Esportiva