3 - Eduardo Baptista quer 1ª colocação geral e vitória mesmo com time alternativo

JOSÉ EDGAR DE MATOS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Palmeiras está a apenas uma vitória para, independentemente dos outros resultados, terminar a fase de grupos do Campeonato Paulista com a primeira colocação geral. A oportunidade se encontra neste sábado (25), a partir das 16h (de Brasília), diante do Audax, no Allianz Parque, e Eduardo Baptista não quer desperdiça-la.

Em entrevista concedida nesta sexta-feira, na Academia de Futebol, o treinador palmeirense impôs o topo do Estadual como meta e quer alcança-la o mais rápido possível, mesmo utilizando uma equipe alternativa neste final de semana – oito atletas normalmente titulares desfalcam o Palmeiras diante do rival de Osasco.

"A gente coloca sempre pequenos objetivos. O primeiro era classificar em primeiro do grupo, e atingimos. O próximo é o primeiro lugar geral. O objetivo de cada dia é manter essa sequência de vitórias, se acostumar a vencer", declarou o treinador, satisfeito com a evolução da equipe nos cinco triunfos consecutivos na temporada.

"Quando você traça um planejamento tem que entender o que está se passando e ir fazendo ajustes. (...) Está muito próximo do que pensamos. Ainda muito longe do trabalho a médio e longo prazo; vai precisar de tempo, mas está caminhando bem", analisou.

Neste sábado, o Palmeiras não contará com os convocados Dudu (Brasil), Alejandro Guerra (Venezuela), Yerry Mina e Miguel Borja (Colômbia), além de Jean (machucado), Edu Dracena e Felipe Melo (poupados). Fernando Prass, por outro lado, dará lugar a Jailson entre os titulares.

Para sacramentar a primeira colocação geral com uma rodada de antecedência, o Palmeiras precisa vencer o Audax para não depender de outros resultados. Com 24 pontos, o time alviverde possui quatro de vantagem em relação ao arquirrival Corinthians, que encara o São Paulo, domingo, em clássico no Morumbi.