Eduardo Baptista fala sobre 'injustiça' após empate contra o São Paulo na Copa do Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Juventude e São Paulo fizeram um duelo agitado no Alfredo Jaconi (Foto: Fernando Alves/ECJuventude)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


No Alfredo Jaconi, o Juventude saiu de campo com um gosto amargo no duelo contra o São Paulo pela 3ª fase da Copa do Brasil. Isso porque o Papo liderou o marcador por quase a sua totalidade, levando o gol de empate nos minutos finais.

- VEJA A TABELA DA COPA DO BRASIL

Após o jogo, o técnico Eduardo Baptista lamentou o resultado, mas preferiu valorizar a exibição da equipe, principalmente nos primeiros 45 minutos.

- A palavra é resiliência. As coisas estão acontecendo e alguns detalhes estão tirando as vitórias da gente. Mas eu acho que o caminho é esse. Um primeiro tempo de um nível tático e técnico muito bom, conseguimos defender. Se pegar o jogo todo, o São Paulo deve ter dois ou três chutes a gol. A equipe teve um comportamento que me deixa muito satisfeito. Lógico que o resultado não foi justo - analisou.

Sem vitórias

Vale citar que desde a sua chegada ao Juventude, Eduardo Baptista ainda não venceu. Em quatro jogos, foram dois empates e duas derrotas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos