Eduardo Baptista esconde time em treino do Palmeiras na Argentina

O estádio ainda estava vazio, mas o Palmeiras já pôde sentir o clima de Copa Libertadores no treino desta terça-feira, na Argentina, no Estádio Monumental José Fierro, que receberá o confronto entre Verdão e Atlético Tucumán nesta quarta-feira. A atividade, prevista para ser fechada para a imprensa, teve presença liberada dos jornalistas, mas o técnico Eduardo Baptista não deu pistas da equipe.

Enquanto o Palmeiras realizava seu treinamento, do lado de fora do estádio torcedores do Tucumán entoavam músicas e gritavam cantos do time argentino, com direito a instrumentos. A equipe da casa, fundada em 1902, disputará sua primeira edição da Copa Libertadores.

Em campo, Eduardo Baptista manteve o mistério que cerca a escalação do Palmeiras e não deu mostras da equipe que será titular nesta quarta. Sem definir titulares, o treinador comandou um trabalho de dois toques e bolas aéreas defensivas.

Eduardo Baptista tem duas dúvidas na escalação do Palmeiras: Zé Roberto está garantido na equipe titular, mas pode ficar com a vaga de Egídio na lateral esquerda para que Thiago Santos forme dupla de volantes com Felipe Melo, tornando o time mais forte fisicamente e na marcação. Além disso, existe a dúvida se Miguel Borja terá condições físicas de começar atuando desde o início. Se não for possível, Willian irá como titular.

Leia mais:

Na véspera da estreia, Zé Roberto tira lições de vacilos de 2016

Por vitória fora, Zé Roberto planeja marcação forte e contra-ataque

Dracena quer Verdão “malandro” na estreia da Libertadores

Assim, o Verdão deverá ter na estreia Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Thiago Santos); Felipe Melo e Zé Roberto; Michel Bastos, Dudu e Keno; Miguel Borja (Willian). Palmeiras e Atlético Tucumán se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na estreia das equipes na Copa Libertadores. No mesmo grupo, Jorge Wilstermann goleou o Peñarol por 6 a 2.