Eduardo Baptista elogia zaga com Edu e Mina: “Une juventude e experiência”

Procurando dar “rodagem” a seus jogadores, o técnico Eduardo Batista, deve repetir, neste domingo, a dupla de zaga que saiu ilesa do duelo contra o Jorge Wilsterman, na última quarta-feira, em partida válida pela Copa Libertadores. O colombiano Yerry Mina terá a companhia do experiente Edu Dracena.

A dupla de zaga atuou junta em apenas uma partida nesta temporada, mas agradou o técnico do Palmeiras. O comandante avaliou com bons olhos as características dos dois atletas.

“Ganho experiência com o Edu. Equilíbrio de um cara de 35 anos, que vive um grande momento físico e técnico. Aliado a um jovem de 23 anos. Une a juventude com a experiência, e taticamente eu ganho o passe. (Contra o Jorge Wilstermann) Quase todas as bolas passaram pelos pés dos dois. O Mina leva a bola quase que até a área ofensiva, enquanto o Edu trabalha mais lá atrás. A grande sacada é a armação que vem de trás”, exaltou o treinador.

O experiente zagueiro Edu Dracena entrou no lugar de Vitor Hugo. Cumprindo a primeira partida de uma suspensão de dois jogos, por cotovelada no corintiano Pablo, na derrota por 1 a 0, Vitor Hugo estará de fora do clássico contra o Santos. O defensor também não entrou em campo na última quarta-feira, pela Libertadores, quando cumpriu um jogo de suspensão por conta da expulsão que sofreu na estreia da competição.

Com a entrada de Edu Dracena, Eduardo espera continuar a “rodagem” do elenco. O comandante vem realizando algumas mudanças nas escalação da equipe do Palmeiras, e vem utilizando boa parte do estrelado elenco palmeirense durante as partidas.

“Tenho que dar oportunidades a todos, rodagem, sem quebrar a espinha dorsal. Precisamos entrar em abril com uma boa rodagem. Tenho que equilibrar o volume de jogos. É um plano nosso, que pode ser modificado. Rodar, descansar alguns, e entrar no mês de abril com um time equilibrado”, afirmou Eduardo.

O Palmeiras enfrenta o Santos, neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. O Verdão não vence o Peixe pela competição estadual, jogando na Vila, desde 2011.