Edmundo explica ida para o Corinthians e diz que emprego na Fox é 'necessidade'

Edmundo pediu autorização ao presidente da Mancha para acertar com o Corinthians (Foto: Reprodução)
Edmundo pediu autorização ao presidente da Mancha para acertar com o Corinthians (Foto: Reprodução)

O comentarista Edmundo brilhou nos campos vestindo as camisas de Vasco e Palmeiras. Hoje, aposentado, vive nas bancadas da Fox Sports, destilando seu conhecimento através da experiência que adquiriu dentro de campo.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Em entrevista ao canal 'De Sola', Edmundo falou sobre a nova fase de sua carreira. Segundo o ex-jogador, o emprego na Fox Sports 'hoje é uma necessidade, mas no começo foi um desejo'.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

- Hoje é uma necessidade, mas no começo foi um desejo. Tenho quatro filhos, sustento quatro na família. Não posso dizer que não faz falta o bom salário que eu ganho na Fox. Eu não sabia o que fazer quando parei, tinha que continuar trabalhando, apareceu a oportunidade, era um início de uma nova profissão para ex-atleta - afirmou Edmundo.

O 'Animal' também falou sobre um polêmico episódio de sua carreira. Após vestir a camisa do Flamengo em 1995, levando a torcida do Vasco à fúria, ele acertou sua ida para o Corinthians em 1996, revoltando a torcida do Palmeiras que, assim como a do Vasco, sempre o idolatrou. Segundo Edmundo, a ida para o Timão só aconteceu porque ele obteve a autorização do presidente da Mancha Verde, principal torcida organizada do Palmeiras.

- Eu fui ao Paulinho Serdan, presidente da Mancha Verde na época, e pedi a autorização a ele para ir ao Corinthians. Expliquei que fui ao Flamengo, que as coisas não deram certo, e que recebi uma boa proposta. Ele entendeu que minha humildade de procurá-lo seria maior que as circunstâncias clubísticas, de que um ídolo de um clbue não pode jogar em outro. Depois, outros tantos foram (para o Corinthians) - finalizou Edmundo.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também