Edmundo critica saídas de Éverton e Guerrero e diz que Fla não tem time para ganhar do SP

Yahoo Esportes
Edmundo criticou decisões do futebol do Flamengo em mesa redonda do FOX Sports (reprodução/FOX Sports)
Edmundo criticou decisões do futebol do Flamengo em mesa redonda do FOX Sports (reprodução/FOX Sports)

Durante a mesa redonda A Última Palavra, do FOX Sports, na noite deste domingo (19), o ex-jogador comentarista Edmundo contestou a qualidade do Flamengo, que caiu para terceiro colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, a ponto de duvidar até que tenha time para vencer no returno o São Paulo, atual atual líder e campeão do primeiro turno.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

A opinião foi dada após o apresentador da atração Nivaldo Prieto ponderar que ainda tem todo um segundo turno pela frente e enaltecer o peso da torcida rubro-negra no Maracanã. Outro comentarista presente ali, Osvaldo Pascoal minimizou esse aspecto e lembrou que o São Paulo ganhou do Flamengo em pleno estádio carioca, por 1 a 0.

“Mas tem um Flamengo e São Paulo no Morumbi, também. Se o Flamengo ganhar do São Paulo no Morumbi é uma tragédia, isso pode acontecer ou não?”, questionou Prieto, no que Edmundo respondeu: “Bem possível, mas eu não acredito que tenha time para tal.”

Leia mais:
Aguirre comemora elenco completo 

‘Chuva de brinquedos’ marca rodada do Holandês

“Quem são os 11 titulares, esse time é bom, o centroavante é bom?”, cornetou o ex-jogador da FOX, para depois criticar as decisões de quem comanda o futebol do Flamengo, sobretudo por abrir mão do atacante Éverton e do centroavante Paolo Guerrero. O primeiro é destaque justamente do líder, São Paulo, enquanto o jogador peruano foi anunciado como novo reforço do Internacional, que superou o time rubro-negro na segunda posição do Brasileiro.

“Por que o Éverton saiu? Por dinheiro não é, porque vai lá e compra o Vitinho, que é pior do que o Éverton, [que] resolve o seu time taticamente. Aí você vende ele a preço de banana, vai ao mercado e compra o jogador mais caro da história do clube e ele não diz a que veio. A maior contratação da história do Flamengo corre risco de virar mais um, de ser mais um Geuvânio, mais um Marlos Moreno, um Berrío. Vamos ter paciência, ele acabou de chegar, mas, cara, tem um erro aí. Eu sou um crítico ferrenho do Paolo Guerrero entre custo e benefício, mas olhando esse Flamengo de hoje, é um erro deixar o Guerrero sair”, avaliou Edmundo.

Edmundo chegou até a sugerir que o Flamengo se espelhe no São Paulo, que tem três ex-jogadores ajudando na gestão do futebol do clube. “Não queria ser injusto com ninguém, porque acho que vai ter um Flamengo antes e um Flamengo pós-passagem do Eduardo Bandeira de Melo. Ele corrigiu muita coisa, foi fantástico administrativamente, mas as escolhas de futebol não foram bem feitas, não. Talvez precise que chame o Zico, o Junior e o Zinho para imitar o que fez o São Paulo. Alguém que conheça futebol dentro do campo para poder indicar melhor, porque não é possível, quem foi achar o Uribe? O menino Lincoln entra nos minutos finais e joga mais do que o outro que fica 70 minutos em campo”, disse, indignado, no programa da FOX.

 

Tática Simples #2: que raios são bloco baixo, bloco médio e bloco alto?

Leia também