Edgardo Bauza tem Alzheimer em estágio avançado

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Edgardo Bauza levou o São Paulo à semifinal da Libertadores de 2016. Foto: Raul Arboleda/AFP via Getty Images
Edgardo Bauza levou o São Paulo à semifinal da Libertadores de 2016. Foto: Raul Arboleda/AFP via Getty Images

Campeão da Libertadores com a LDU e o San Lorenzo, e com passagem pelo São Paulo, o técnico argentino Edgardo Bauza foi diagnosticado com Alzheimer. Segundo informações da imprensa argentina, o ex-treinador que tem 64 anos de idade, está em um estágio avançado da doença.

O treinador que havia confirmado em outubro do ano passado sua aposentadoria, chegou a passar pela seleção argentina entre 2016 e 2017. O alegado para o abandono da carreira foram problemas de saúde, sem especificar quais.

Leia também:

“As razões da minha decisão respondem estritamente a razões de saúde. Compreendi e aceitei que, para o meu próprio bem-estar e o da minha família, tinha de me afastar do trabalho pelo qual sou apaixonado", disse em comunicado divulgado nas redes sociais.

“Recentemente, surgiram as notícias sobre minha aposentadoria como treinador. Assim, honrando novamente a minha forma de proceder, sou eu mesmo que quero comunicar que efetivamente encerrei o capítulo da minha história como diretor técnico”, acrescentou.

A notícia da doença foi confirmada pelo jornalista argentino Juan Manuel Pons. Em bate-papo com o portal Cielosports foi revelado que Bauza sofre de Alzheimer.

Segundo Pons, Bauza que atualmente vive entre Quito e Rosário “tem Alzheimer muito avançado e hoje é complicado. As cores e até a ordem das refeições são confusas", finalizou.

Além da carreira como treinador, Edgardo 'Patón' Bauza foi um excelente zagueiro que passou pelo Junior de Barranquilla, onde jogou entre 1982 e 1985. É ídolo do Rosario Central e também jogou pelo Independiente e Veracruz, do México.

Ele fez parte da seleção argentina na Copa do Mundo na Itália em 1990. Além disso, Bauza teve uma excelente carreira como treinador. Ganhou a Copa Libertadores duas vezes, com a Liga de Quito, em 2008, e com o San Lorenzo, em 2014.

Com o clube equatoriano, também conquistou a Recopa Sul-Americana em 2010. Também foi técnico da Seleção Argentina nas eliminatórias para a Rússia 2018.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos