Edgar confirma ida para os galos e garante não se arrepender por luta contra 'Zumbi Coreano'

Após revés para Max Holloway, em julho de 2019, em disputa válida pelo título peso-pena (66 kg) do UFC, Frankie Edgar decidiu descer para o peso-galo (61 kg) e tentar uma outra caminhada a um cinturão da franquia. No entanto, em dezembro, o atleta adiou os planos e topou encarar Chan Sung Jung, na Coreia, em luta até 66 kg – quando acabou nocauteado. Mas, agora, parece que o americano vai rumar mesmo à nova divisão.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o lutador adiantou que em sua próxima apresentação já será nos galos. Entretanto, o americano disse tem a consciência de que, como não vive um grande momento. Dessa maneira, destacou que pode não enfrentar um lutador top da categoria até 61 kg.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Vou descer para o peso-galo. Esse era o plano antes. Acho que o que preciso fazer é me colocar em uma posição favorável para vencer minha próxima luta, e isso no peso-galo. Vou ver o que o UFC quer de mim. Saindo de duas derrotas, mesmo que elas estejam em outra categoria de peso, não sei o que elas vão me dar”, disse.

Apesar de ter acumulado mais um resultado negativo para o seu cartel, Edgar ratificou que não voltaria atrás na decisão de enfrentar o ‘Zumbi Coreano’, aceitando a luta praticamente de última hora. O americano somente lamentou não ter conseguido atuar da maneira que gostaria.

“Foi algo que eu fiz. Sem arrependimentos para mim. Obviamente, eu queria um resultado diferente, mas aproveitei a oportunidade. Não foi do meu jeito que queria, mas acontece. Fiquei um pouco deprimido, um pouco para baixo, mas você segue em frente. O que mais você vai fazer?”, explicou o lutador.

Aos 38 anos, o ex-campeão peso-leve (70 kg) do UFC venceu apenas um de seus últimos quatro compromissos na organização. Seu único triunfo nesse tempo foi sobre Cub Swanson, em abril de 2018.

Leia também