Eder Militão testa positivo para covid-19

·1 minuto de leitura
Luka Modric (E) e Eder Militão (D), do Real Madrid, disputam bola com um jogador do Shakhtar Donetsk durante partida da primeira rodada do Grupo B da Liga dos Campeões
Luka Modric (E) e Eder Militão (D), do Real Madrid, disputam bola com um jogador do Shakhtar Donetsk durante partida da primeira rodada do Grupo B da Liga dos Campeões

O Real Madrid anunciou nesta segunda-feira que o zagueiro  brasileiro Éder Militão testou positivo para covid-19 e por isso não irá enfrentar a Inter de Milão na terça-feira pela terceira rodada do Grupo B da Liga dos Campeões. 

"Nosso jogador Éder Militão testou positivo nos exames de covid-19 realizados na manhã de domingo", informou o clube espanhol. 

"Todos os outros jogadores e a comissão técnica da equipe principal, bem como todos os funcionários do clube que trabalham diretamente com eles, tiveram resultados negativos nestes mesmos exames", afirmou o Real Madrid. 

De acordo com o protocolo da Uefa, o ex-jogador do São Paulo, que já disputou três jogos esta temporada, tem que testar negativo pelo menos seis horas antes do início da partida com a Inter, na noite de terça-feira, para poder participar do confronto. 

Além da provável ausência do brasileiro, o Real Madrid não contará também com os defensores Dani Carvajal, Alvaro Odriozola e Nacho, todos lesionados. 

O jogo contra o Inter de Milão é crucial para o time de Zinédine Zidane, que tem apenas um ponto e ocupa a lanterna da chave, após derrota para o Shakhtar Donetsk (3-2) e o empate com o Borussia Mönchengladbach (2-2).

pve/smr/lca