Edenilson chega ao Atlético-MG para acabar com jejum particular de títulos

Edenilson chegou este ano para reforçar o Galo depois de trabalhar com Coudet no Internacional - (Atlético-MG Divulgação)


Edenilson tem em sua lista de troféus, taças importantes, como a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes, ambos pelo Corinthians, em 2012. Na sequência, ele conquistou, também pelo Timão, Campeonato Paulista e Recopa Sul-Americana, em 2013. No entanto, parou por aí.

Já são 10 anos sem uma taça. Quando abriu 2023, um dos principais objetivos da carreira do jogador de Edenilson é conquistar novas taças para a sua galeria.

- Nós somos movidos a desafios. É, para mim, um grande desafio estar aqui hoje. Quero muito ser campeão - observou.

Edenilson passou as últimas seis temporadas no Internacional e por lá, embora não tenha tido títulos, teve conquistas particulares. Foi pelo Colorado que o volante chegou a Seleção Brasileira, ele também já foi Bola de Prata da Revista Placar/ESPN, já ganhou o prêmio Craque do Brasileirão em 2020 e 2021. Ela agora quer títulos coletivos.

- Em todos os lugares que passei, trabalhei para isso. Se não tivermos esse objetivo dentro da gente, mudaríamos de profissão. Só um time é campeão, vale o trabalho em conjunto. É isso que vou buscar aqui, para o Atlético ser campeão - finalizou.