Edenílson e Galhardo saem do banco, marcam golaços contra o Caxias e dão liderança isolada ao Inter

Futebol Latino
·4 minuto de leitura


Diretamente do Beira-Rio, Internacional e Caxias mediram forças valendo a liderança pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho, em um duelo de equipes que chegaram com a mesma pontuação antes da bola rolar. O Colorado, apesar de ter jogado melhor no primeiro tempo e caído de rendimento em parte da etapa final, contou com golaços de Edenílson e Thiago Galhardo, que sairam do banco de reservas, para manter a equipe na ponta da tabela e chegar a terceira vitória consecutiva no estadual.

Agora com os três pontos, o Inter se descola do próprio Caxias e chega aos 13 pontos na ponta da tabela. O Caxias se mantém com dez pontos na segunda colocação, mas fica na terceira colocação.

NO TRAVESSÃÃÃÃO!

De volta ao Internacional, Paolo Guerrero criou uma jogada de falta na intermediária ao dar o passe para Nonato e o meia ser derrubado por Marlon. Na cobrança, o peruano chamou a responsabilidade e chutou com categoria e lamentou ao ver a bola bater no travessão de Marcelo Pitol aos 11 minutos.

Antes disso, a primeira jogada de perigo no jogo também foi do Inter. Praxedes recebeu de Nonato, limpou e arriscou de fora da área. A bola passou muito perto da meta.

O JOGO ATÉ A METADE DO PRIMEIRO TEMPO

A equipe do Inter comandou todas as ações da partida. A equipe de Miguel Ángel chegou a ter 80% de posse de bola sobre o Caxias, que na maior parte só observou o Colorado jogar e não incomodou a defesa.

Na frente, Guerrero deu trabalho aos zagueiros dos visitantes e quando não ocasionou situações de falta, conseguiu deixar o companheiro livre. Após um passe do camisa 9, Heitor só não marcou em um chute forte, porque Marcelo Pitol se esticou e salvou.

CONFUSÃO ENTRE OS JOGADORES

Aos 33 minutos, os jogadores se aglomeraram em uma parte do campo após Patrick e Eduardo Diniz se desentenderem inicialmente. O meia colorado se irritou após uma entrada de Guilherme Mattis e simulou um revide com um chute no zagueiro do Caxias, o bastante para o lateral grená tirar satisfação.

Após uma conversa com o quarto árbitro, Douglas Schwengber aplicou o amarelo em Patrick e Eduardo Diniz.

SEGUNDO TEMPO CAIU DE NÍVEL

Se na etapa inicial o Internacional dominou o confronto, o segundo tempo caiu de ritmo, apesar das equipes mostrarem muita movimentação em campo. Em questão de criar situações de perigo no setor ofensivo, as equipes ficaram devendo no primeiro terço dos 45 minutos finais. Prova disso é que os goleiros não tiveram que trabalhar.

MUDANÇAS NO INTER E GOLAÇO!

Vendo que seu time estava precisando de reforço ofensivo, Miguel Ángel Ramírez colocou sangue novo em campo e tirou os pendurados Patrick e Praxedes, além de sacar Nonato e Guerrero.

Edenílson, um dos que saíram do banco, precisou de apenas quatro minutos em campo para marcar um verdadeiro golaço. Após cruzamento rasteiro, a bola sobrou na meia-lua, o camisa 8 então dominou, e de perna esquerda, que não é a boa, chutou colocado no ângulo de Marcelo Pitol.

MAIS UMA NO TRAVESSÃO DO INTER

Logo depois do Caxias fazer um gol que não foi validado por impedimento e uma cabeçada perigosa de Giovane Gomez, o Inter pouco assustou no ataque. Mas quando chegou foi para valer.

Aos 41 minutos, Edenílson pegou a bola em velocidade pela direita e cruzou rasteiro e consciente para Yuri Alberto. O atacante chutou de primeira, sem goleiro, e acertou o travessão.

EXPULSÃO NO CAXIAS, DEFESA DE LOMBA E GOL DO INTER

Guilherme Mattis foi expulso ao fazer uma falta em Thiago Galhardo, que entraria sozinho para ficar cara a cara com Marcelo Pitol. E no primeiro ataque após a punição ao zagueiro, o Caxias por pouco não empatou com Giovane Gomez. Lomba apareceu para salvar.

No ataque que começou justamente com o goleiro, o Inter fez uma bela trama com troca de passes até ela chegar em Thiago Galhardo, dentro da área, e ele chutar de primeira para o fundo do gol e marcar o segundo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X CAXIAS - 6ª RODADA DO CAMPEONATO GAÚCHO
Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 24 de março de 2021, às 22h (de Brasília)
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Assistentes: Maurício Coelho Silva Penna (RS) e Claiton Timm (RS)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Patrick, Praxedes, Yuri Alberto (INT) / Mazola, Eduardo Diniz, Matheuzinho (CAX)
Cartões vermelhos: Guilherme Mattis (CAX)

GOLS: Edenílson, 24'/2ºT (1-0); Thiago Galhardo, 47'/2ºT (2-0)

INTERNACIONAL (Técnico: Miguel Ángel Ramírez)
Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei, aos 35'/2ºT), Zé Gabriel, Lucas Ribeiro, Léo Borges; Rodrigo Dourado, Praxedes (Yuri Alberto, aos 20'/2ºT), Nonato (Edenílson, aos 19'/2ºT), Caio Vidal, Patrick (Maurício, aos 10'/2ºT) e Paolo Guerrero (Thiago Galhardo, aos 9'/2ºT).

CAXIAS (Técnico: Rafael Lacerda)
Marcelo Pitol; Eduardo Diniz (Tontini, aos 27'/2ºT), Guilherme Mattis, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Jhon Cley (Gustavo Ramos, no intervalo), Marlon e Diogo Oliveira (Matheuzinho, aos 22'/2ºT); Giovane Gomez e Mazola (Milla, aos 22'/2ºT).