Edílson afirma que jogou mais que Neymar, Messi e CR7: 'Tem que ser campeão mundial'

O ex-atacante Edílson Capetinha, campeão do mundo em 2002 com a Seleção Brasileira, deu uma declaração polêmica durante o programa 'Os Donos da Bola' desta terça-feira (12). Questionado pelo apresentador Neto se jogava mais que Messi e Neymar, o ex-jogador respondeu:

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

- Eu. Na fase boa, eu. Para ele jogar mais do que eu, ele tem que ser campeão mundial. Eu tenho personalidade. O Messi, para jogar mais do que eu, tem que ser campeão mundial - afirmou, em referência ao título da Copa do Mundo.

Leia também:

Até o português Cristiano Ronaldo foi colocado na discussão. Ao ser perguntado pelo apresentador Neto, o Capetinha afirmou que é mais habilidoso que o astro da Juventus.

- O Renato Gaúcho falou que jogou mais que o Cristiano Ronaldo. Eu não posso falar... O Renato Gaúcho falou que jogou mais do que o Cristiano Ronaldo. Então também posso falar. O Cristiano Ronaldo é só força, chuta de direita e de esquerda... Eu sou mais habilidoso que ele - concluiu o comentarista.

Veja o vídeo da declaração

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também