Edílson é preso pela terceira vez por falta de pagamento de pensão alimentícia

Ex-jogador do Corinthians, Flamengo e Vitória, Edílson da Silva Ferreira, mais conhecido como Capetinha, foi preso novamente nesta terça-feira em Salvador pela falta de pagamento de pensão alimentícia de um de seus filhos.

Campeão do Mundo com o Brasil em 2002, Edílson está detido no Polinter (Polícia Interestadual), no bairro dos Barris. De acordo com o site Uol, o mandato da prisão foi expedido pela 2ª Vara da Família, em Brasília, e o ex-jogador pode sair do local mediante ao pagamento de fiança, que não teve valor estipulado.

Edílson está com 45 anos e esta é a terceira vez que o ex-jogador é detido pelo mesmo motivo. A primeira vez foi em 2014 também em Salvador por conta de um processo movido por Ivana Maturino Solon, ex-mulher do Capetinha, com quem ele teve um filho.

Edilson Corinthians
Crédito: Tom Shaw /Allsport

A segunda foi em 2016, no dia 16 de julho, após a Justiça identificar um atraso de pelo menos R$ 430 mil em valores que ele deveria ter destinado ao filho.

O site tentou entrar em contato com o ex-jogador e seus advogados, mas não obteve sucesso em suas tentativas.