E o Riquelme? Vasco mantém calma com o lateral-esquerdo prodígio

Felippe Rocha
·1 minuto de leitura


Riquelme apareceu no elenco profissional do Vasco quando só tinha 16 anos, em abril de 2019. Por mais que fosse mais para se ambientar com o modus operandi do time principal e por mais que seja uma prática corriqueira do Cruz-Maltino, a pouca idade do jogador chamou atenção. E por isso mesmo a torcida quer ver o lateral-esquerdo em campo. Mas o clube mantém calma em relação ao jogador.

Em outubro do ano passado, ele retornou ao time de juniores para a reta final da Taça Guanabara e sequência da temporada da categoria. Integrou o time que seria campeão do Campeonato Carioca, mas, em dezembro, participou do Torneio Internacional na Granja Comary. Pela Seleção Brasileira sub-20, até ponta-direita foi.

Mas a talentosa e versátil revelação cruz-maltina sofreu uma lesão no músculo adutor da coxa direita e perdeu a reta final da temporada. Perdeu, por exemplo, a disputa da Supercopa do Brasil, para a qual jogadores como Miranda e Vinícius, frequentes no grupo principal, foram integrados. Riquelme voltou a treinar na sexta-feira passada.

-> Confira a tabela do Campeonato Carioca

O intercâmbio entre categoria é constante e considerado normal e saudável no Cruz-Maltino. E neste momento, no time profissional, até o técnico Marcelo Cabo admite que o setor será preenchido para além do improvisado MT.

- Mais adiante sabemos que vamos ter o Zeca e estamos buscando outro nome para a lateral. Precisamos qualificar nosso time para não ocorrer isso que aconteceu hoje, de ter que alterar o sistema porque não tinha outro lateral - afirmou o treinador, após a partida do último sábado.

Riquelme, por ora, segue no time sub-20. Ainda com 18 anos, tem multa rescisória de € 36 milhões (R$ 239 milhões, aproximadamente).