E o Bruno Méndez? Mancini explica uruguaio na reserva do Corinthians

LANCE!
·2 minuto de leitura


Vagner Mancini completou sete jogos à frente do Corinthians no último sábado, quando enfrentou o Atlético-GO, e pela sexta vez a zaga titular foi formada por Marllon e Gil, sem a presença de Bruno Méndez, que era o favorito a assumir a vaga de Danilo Avelar, que se lesionou e está fora da temporada. O técnico explicou esse "sumiço" do uruguaio, que tem sido apenas opção no banco.

No primeiro jogo de Mancini no comando do Timão, diante do Athletico-PR, fora de casa, a dupla de zaga foi Bruno Méndez e Gil, porém o jovem zagueiro acabou sendo expulso por uma agressão ao adversário no segundo tempo e deixou a equipe com um jogador a menos. Desde então, o uruguaio não voltou para a titularidade e viu Marllon se firmar no setor defensivo alvinegro.

- Sobre o Bruno Méndez, o atleta acabou na minha estreia sendo expulso, e aí o Marllon entrou na sequência, acabou indo bem, está jogando muito bem junto com o Gil, então por isso a opção de manter o Marllon - disse Mancini.

Marllon estava emprestado ao Cruzeiro, mas teve seu retorno solicitado logo após a grave lesão de Danilo Avelar. A ideia era que Bruno Méndez, contratado em 2019 como promessa do futebol sul-americano, assumisse a titularidade e tivesse sua primeira sequência entre os 11 iniciais, o que acabou não acontecendo. No entanto, Mancini não descarta sua utilização em breve.

- O Bruno é um jogador que pode aparecer a qualquer momento na equipe, é um atleta de uma liderança muito boa, de uma técnica elogiável. Eu não tenho dúvida do acerto da contratação, já pensei em utilizá-lo inclusive em outras funções, tamanha a capacidade técnica dele de sair de certas funções defensivas. Infelizmente a gente lamenta o fato de ele ter sido expulso numa partida que foi na minha chegada, o Marllon entrou na sequência e acabou seguindo como titular - complementou o treinador corintiano.

Sendo assim, para o próximo sábado, às 19h, quando o Corinthians enfrenta o Atlético-MG, na Neo Química Arena, Marllon e Gil devem permanecer na zaga titular, enquanto Bruno Méndez aguarda por uma oportunidade no banco de reservas. Agora ele terá também a concorrência de Jemerson, recém-contratado, que deve estar à disposição de Vagner Mancini em breve