Durcesio quer ser lembrado como 'mais um torcedor do Botafogo' e se emociona: 'Nem nos melhores sonhos'

·1 min de leitura
Durcesio Mello na festa da torcida do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


Um dia histórico para o Botafogo. Nesta quinta-feira, o Conselho Deliberativo do Alvinegro aprovou a venda de 90% da SAF do clube para John Textor, que se comprometeu a investir R$ 400 milhões. Com números praticamente unânimes, a votação foi positiva.

+ Sinalizadores, entrada no salão nobre e canto do alívio: a festa da torcida do Botafogo pela venda da SAF

Presidente do Glorioso, Durcesio Mello comemorou o dia. O mandatário pregou o profissionalismo desde antes das eleições e ficará marcado como o responsável por trazer um investidor externo ao clube.

- Nem nos meus melhores sonhos eu imaginei isso. É óbvio que desde o primeiro dia (de mandato) nós começamos esse trabalho de profissionalização que está tendo resultado hoje, depois de um ano. Muitas outras coisas aconteceram durante esse ano também, além do futebol que foi campeão da Série B e voltou pra A. A ficha não caiu ainda - afirmou.

Mártir? Nada disso. Durcesio quer ser lembrado como um... torcedor. Depois de terminar todo o processo com John Textor e a Eagle Holding, o presidente pretende voltar a assistir aos jogos na bancada.

- Quero ser lembrado como um torcedor do Botafogo. Como mais um torcedor do Botafogo. Quero voltar para a arquibancada e ver o Botafogo ser campeão de novo. Tá f* (risos). - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos