Duplas confirmam favoritismo na estreia do Superpraia

Larissa/Talita, Ágatha/Duda, Taiana/Elize Maia e Ana Patrícia/Rebeca garantiram classificação direta às quartas de final

As principais duplas feminais brasileiras pisaram nas areias da praia de Icaraí, em Niterói (RJ) nesta quinta-feira e conquistaram bons resultados no Superpraia. O evento encerra a temporada 2016/2017. Apenas as mulheres entraram em quadra.

As quatro duplas que lideram o ranking nacional confirmaram o favoritismo. Larissa/Talita (PA/AL), Ágatha/Duda (PR/SE), Taiana/Elize Maia (CE/ES) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) garantiram classificação direta às quartas de final do torneio, com duas vitórias cada. A cearense Taiana, que conquistou o título da primeira edição, em 2014, comemorou o bom desempenho.

- É um grande prazer para mim estar no rol de campeãs deste torneio, uma honra. Nossa dupla começou bem, estamos sempre buscando evoluir nosso conjunto. No primeiro jogo (contra Érica Freitas e Neide) fizemos tudo que havíamos planejado. Já no segundo jogo (contra Val e Ângela) enfrentamos uma dupla mais experiente e soubemos ter a clareza e a tranquilidade para definirmos nos momentos importantes. Agora vamos subindo um degrau de cada vez - contou Taiana, explicando que o nível da competição serve como preparação para o Circuito Mundial, que, em maio (entre os dias 17 e 21), terá etapa no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro (RJ).

- O Circuito Mundial vai começar realmente agora para a gente. Estamos mais bem preparadas técnica, física e mentalmente, e o Superpraia é um torneio muito difícil. Aqui poderemos mensurar o quanto estamos preparadas e o que precisaremos melhorar. É um preparatório para o Mundial, temos muitas duplas firmes na mesma busca, temos que conquistar um passo de cada vez.

Em parceria ainda recente com a bicampeã do Superpraia Ágatha, a jovem Duda aproveita a experiência da companheira para chegar ao lugar mais alto do pódio.

- É prazeroso jogar com a Ágatha. Ela já venceu duas vezes o Superpraia, espero ajudá-la a vencer pela terceira vez, mas temos duplas muito boas aqui. Estamos trabalhando muito para dar sempre o melhor da gente, especialmente aqui neste torneio que é o mais importante do Circuito Brasileiro. Estudamos bastante as nossas adversárias. Nesta última partida precisei correr muito, pois a Ágatha amortecia no bloqueio e eu ia atrás para não deixar a bola cair.

A repescagem, que acontece no final da manhã desta sexta-feira, terá os seguintes jogos: Rachel/Izabel (RJ/PA) x Lili/Josi (ES/SC); Juliana/Carol (CE/RJ) x Érica Freitas/Neide (MG/AL); Val/Ângela (RJ/DF) x Maria Elisa/Carol Horta (PE/CE); e Renata/Thati (RJ/PB) x Tainá/Victória (SE/MS). Antes, às 8h, terá início a disputa do torneio masculino.

Quatro duplas deram adeus ao torneio já na fase de grupos, por terem perdido dois jogos seguidos. São elas Andrezza/Vivian (AM/PA), Semírames/Luiza Amélia (SP/CE), Rafaela/Flávia Moura (PA/RJ) e Fabrine/Carol Won-Held (BA/RJ).

A temporada do Circuito Brasileiro começou em setembro do ano passado e terminou em Vitória (ES), no início de abril. O tour também passou por Campo Grande (MS), Brasília (DF), Uberlândia (MG), Curitiba (PR), São José (SC), João Pessoa (PB), Maceió (AL) e Aracaju (SE).















E MAIS: