Dupla Messi e Griezmann, enfim, começa a se entender no Barcelona

Adaptação do francês segue funcionando e deu passos largos nos últimos dias, quando o argentino o deu assistência para marcar
Adaptação do francês segue funcionando e deu passos largos nos últimos dias, quando o argentino o deu assistência para marcar

A conexão entre Leo Messi e Antoine Griezmann já flui. O argentino olhou para o francês mais do que nunca na frente do Borussia Dortmund e serviu até dez passes, apesar de ficarem juntos em campo por apenas 65 minutos desde que o ex-Atlético começou como alternativa, mas teve que entrar em campo meia hora após a lesão de Ousmane Dembélé. A equipe já estava bem, mas com a entrada melhorou ainda mais.

Nesta ocasião, não havia outro jogador que o camisa 10 procurasse com mais insistência do que o francês, que lhe deu o maior número de passes até o momento e até o ajudou a Griezmann marcar no  3 a 0, naquele que foi seu primeiro gol europeu pelo Barça.

Não foi a primeira vez que Messi deu um gol a Griezmann, algo que aconteceu no 2 a 1 contra o Villarreal. Antes era o francês que havia permitido que o argentino marcasse na vitória por 3 a 0 sobre o Eibar. No momento, a conexão entre os dois canhotos deu ao Barcelona um total de três gols, dois de Griezmann e um de Messi, com assistência do albiceleste e dois do bleu.

"Os mocinhos sempre se entendem", disse Ernesto Valverde sobre o relacionamento esportivo de suas duas estrelas e confirmou que está convencido de que "com o tempo eles se entenderão cada vez mais", como aconteceu com Luis Suarez. De qualquer forma, "precisamos encontrar o momento certo para isso", mas que o relacionamento está avançando em passos gigantescos é algo que não escapa nem aos seus próprios parceiros. Clément Lenglet brincou na zona mista sobre o caso. "Leo deu a Antoine um gol para que o boato acabasse" quanto a um possível mau relacionamento entre eles.

Isso também faz desaparecer muitas das dúvidas que a equipe gerou após a partida em Leganés. O melhor, além do resultado e da classificação, é que a melhoria ocorre pouco antes de Griezmann retornar pela primeira vez ao Wanda Metropolitano. "Ele está mais do que preparado para isso", diz Valverde. Com Messi mais próximo, tudo ficará muito mais fácil a partir de agora.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também