Dupla do Flamengo programa uma semana na Europa e organiza alvos antes das primeiras reuniões por reforços

·1 minuto de leitura

A estadia de Marcos Braz e Bruno Spindel na Europa para tentar a contratações de reforços para o Flamengo tem previsão de durar ao menos uma semana.

O vice de futebol e o diretor executivo chegaram a Portugal domingo pela manhã, fizeram os primeiros contatos para organizar os alvos, e iniciam as primeiras reuniões nesta segunda.

A dupla rubro-negra não quer voltar ao Brasil de mãos vazias. A ideia é fechar a contratação de ao menos um jogador. Hoje, os alvos são Thiago Mendes, volante do Lyon, Kenedy, atacante do Chelsea, e Rafinha Alcântara, meia do PSG.

Mesmo sem recursos, o Flamengo fez propostas de empréstimos aos jogadores, que desejam defender o clube e voltar ao Brasil. Suas equipes, no entanto, querem compensações financeiras.

A presença dos dirigentes na Europa perto dos jogadores servirá para tentar convencer PSG, Lyon e Chelsea a uma cessão gratuita sem obrigação de compra.

Embora o acordo seja visto com dificuldade por conta das questões financeiras, o Flamengo decidiu enviar os dirigentes, como fez nos últimos dois anos, para que haja negociações de perto, e não por conferência telefônica.

A receita já deu certo nas contratações de Rafinha, Filipe Luis, Gabigol e Gerson, por exemplo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos