Duelos pelo G4: Vasco se prepara para sequência contra os três primeiros colocados da Série B

·3 minuto de leitura


Depois de quatro jogos em dez dias, o Vasco voltará a ter uma "semana cheia" de preparação para confrontos diretos contra equipes do G4 (Sampaio Corrêa, Coritiba e Náutico). O time só voltará a campo na próxima sexta, diante dos maranhenses, às 19h, em São Januário. Contando com este domingo, serão cinco dias para preparar a equipe, recuperar os atletas e fortalecer o entrosamento entre os jogadores que voltam de suspensão.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro


Com uma campanha irregular, o Cruz-Maltino vive uma verdadeira gangorra na Série B, e não vence dois jogos seguidos na temporada desde maio. Na Taça Rio, contra Madureira e Botafogo, foram dois triunfos consecutivos, e desde então uma queda nítida de rendimento e questionamentos por parte da torcida.

A busca de Cabo por regularidade e equilíbrio

Apesar do bom retrospecto recente sob seus domínios, a equipe de São Januário está longe do ideal e o desempenho não convence ou agrada a torcida. Desde o Série B, os problemas defensivos são notórios, com um time espaçado e desorganizado nas bolas paradas. Outro ponto que incomoda é a falta de mobilidade e a lentidão nas transições ofensivas.

+ Veja momentos em que o Vasco defendeu as causas sociais

Diante disso, Cabo decidiu modificar a forma de jogar, com menos posse de bola, e apostando nos contra-ataques verticais. Contudo, o time deixou o Confiança se aproximar, alçar bolas na área e levar um certo perigo. A mudança ainda não agrada a quem assiste, mas foi através dela que o time conquistou três vitórias seguidas em casa, mesmo não convencendo.

+ Veja as oito partidas do Vasco em julho

A busca é pelo equilíbrio entre as linhas, uma maior compactação para não dar espaço e se aproveitar de jogadas por dentro. MT e Pec mostraram qualidade e foram os principais nomes da vitória no sábado. Mas faltou efetividade ao ataque vascaíno, que conseguiu criar jogadas de perigo no segundo tempo. No entanto, é necessário ser letal nesse estilo de jogo, e Cano perdeu duas chances de ampliar o marcador.

Marcelo Cabo
Marcelo Cabo

Cabo tem a missão de fazer o Vasco engrenar (Rafael Ribeiro/Vasco)


Os famosos jogos de seis pontos

Para a sequência da temporada, o Vasco chega ao momento mais importante até aqui. A partir de sexta, serão jogos decisivos contra os três primeiros colocados em sequência: Sampaio Corrêa, Coritiba e Náutico. Em caso de resultados negativos, os três podem abrir uma boa vantagem neste primeiro turno e levar Marcelo Cabo à possível demissão.

+ ATUAÇÕES: MT marca o gol do Vasco e faz a melhor atuação


Em compensação, caso consiga somar pontos nos confrontos diretos, o Gigante da Colina pode engrenar e entrar no G4 pela primeira vez na competição. O adversário maranhense não perde há cinco rodadas e chega embalado. Para o duelo, Cabo contará com o retorno dos atletas que estavam suspensos diante do Confiança (Bruno Gomes, Juninho, Leo Jabá, Galarza e Morato - o camisa 10 está lesionado e depende da recuperação).

+ Lucão agradece ao Vasco: 'Obrigado por realizar mais um sonho'

Na terça, dia 13, o compromisso será contra o Coritiba, no Couto Pereira. Vice-líder, a equipe paranaense tem um jogo a menos e já soma 19 pontos, seis a mais que o Vasco. Por fim, no domingo, dia 18, na Colina Histórica, o duelo será contra o líder invicto Náutico. O Timbu faz grande campanha sob o comando de Hélio dos Anjos e proporcionará mais um jogo de seis pontos para o Vasco

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos