Em duelo que pouco vale, Mano vai testar time alternativo do Cruzeiro

O confronto contra o Democrata-GOV, neste domingo, às 11h (de Brasília), no Mineirão, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro, não vale nada para a Raposa. O time azul já garantiu sua classificação antecipada e sua situação na tabela não permite trocar de posição – com a segunda colocação confirmada.

Diante disso, o técnico Mano Menezes vai usar a partida para dar ritmo de jogo para alguns atletas. Vários atletas serão poupados, como o zagueiro Manoel, o lateral-direito, Ezequiel, e o atacante Rafael Sóbis. Oportunidade para o retorno confirmado do goleiro Fábio, fora há bastante tempo se recuperando de lesão.

“Expectativa boa. É sempre importante e prazeroso você ter a oportunidade de voltar a jogar, ainda mais depois de um tempo longo. Todo o trabalho que foi feito na recuperação dessa lesão foi feito com empenho. Todos que fizeram parte da cirurgia até o dia de hoje. Agora que a hora de concretizar o retorno. É como se fosse o primeiro jogo, a estreia. Ter a oportunidade de vestir a camisa do Cruzeiro novamente. Independentemente do adversário e da tabela, minha motivação é interna, pra aproveitar estes momentos que trazem tanta alegria pra nós”, destacou o arqueiro.

Democrata também só cumpre tabela

O clube de Governador Valares também só entra em campo para cumprir tabela. A equipe garantiu 10 pontos na tabela de classificação, está na 10ª posição e não tem mais chances de cair, mas também não sonha com nada na competição.

Confronto de rebaixados:

No outro jogo da rodada, o América-TO recebe o Tricordiano, no Nassri Mattar, às 10h. O time de Teófilo Otoni tem três pontos, na 12ª colocação, enquanto o clube de Três Corações tem cinco tentos, na 11ª posição.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO X DEMOCRATA

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Data: 09 de abril de 2017, domingo

Horário: 11h (de Brasília)

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva

Assistentes: Pablo Almeida Costa

CRUZEIRO – Fábio, Mayke, Caicedo, Dedé, Fabrício, Lucas Silva, Lucas Romero, Marcos Vinícius, Rafinha, Raniel e Ramon Ábila.

Técnico: Mano Menezes.

DEMOCRATA – Ramon; Moisés Alan, Marcelo Bispo Renato Santos, Carlão, Gérley; Glaydson, Lima, Matheus Roldan, Esquerdinha; Andrey e João Figueiredo Rafael Tanque.

Técnico: Márcio Pereira