Duelo entre Grêmio e Flamengo põe frente a frente as duas melhores defesas da Copa do Brasil

·2 minuto de leitura


As duas melhores defesas da Copa do Brasil vão medir forças. Na noite desta quarta-feira, o Flamengo enfrenta o Grêmio, na Arena do Grêmio, às 21h30, em partida válida pelas quartas de final da competição. Até aqui, nos quatros jogos que disputaram, nenhuma das duas equipes sofreu um gol sequer.

> Nova camisa 3 do Flamengo lançada! Veja galeria de fotos com o uniforme

Tanto o Flamengo quanto o Grêmio entraram na Copa do Brasil na terceira fase, uma vez que os times garantiram vaga na Libertadores deste ano. Sendo assim, cada uma das equipes disputou quatro jogos - e sem ser vazada. Na competição nacional, Marília, Sergipe e Cuiabá também não sofreram gols, mas realizaram apenas uma partida.

> Veja a tabela da Copa do Brasil

Por outro lado, o Flamengo vem de um empate com o Ceará por 1 a 1, no último domingo, com um gol sofrido por falha defensiva. A zaga abriu um buraco pelo lado esquerdo, e Bruno Viana falhou na cobertura de Vina, que abriu o placar para o Vozão no Castelão.

Dessa forma, o jogo é um teste importante para a defesa rubro-negra, principalmente porque precisará segurar a dupla de atacantes do Grêmio. O recém-contratado Borja disputou apenas quatro jogos pelo Tricolor, mas já soma três gols. Além dele, Diego Souza foi peça importante no duelo contra o Bahia, no último sábado, ao marcar o gol que decretou a vitória para o time de Luiz Felipe Scolari.

Para a zaga, o Flamengo conta hoje com Rodrigo Cario, Léo Pereira, Gustavo Henrique, Bruno Viana, Gabriel Noga e Willian Arão, que pode jogar improvisado na posição. O primeiro fez um trabalho leve no campo na última segunda-feira e segue sem prazo de retorno. Já o segundo sofreu um trauma ósseo na falange distal do quinto metatarso do pé esquerdo, mas foi relacionado e viajou com o grupo para Porto Alegre.

Caso seja titular, Bruno Viana tem uma chance de rebater, dentro de campo, as críticas que tem sofrido pelo desempenho irregular e pela falha sofrida no gol de Vina, no último domingo. Desde que chegou, inclusive, o zagueiro não se firmou, mas, por causa de desfalques dentro do grupo, recebeu oportunidades nos últimos compromissos.

Assim, com dúvidas e lesões, o compromisso desta quarta-feira pode ligar ser um divisor de águas para a diretoria ligar ainda mais - ou não - o alerta para a possível contratação de mais uma peça para o sistema defensivo do Flamengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos