Dudu sonha em conquistar Libertadores para coroar sua história no Palmeiras

·3 min de leitura


Ídolo e referência técnica do Palmeiras, o atacante Dudu retornou ao Brasil após curta passagem pelo Al-Duhail, do Catar, e foi decisivo para que o Alviverde chegasse, novamente, à final da Libertadores. Mesmo tendo uma história vencedora pelo clube, o camisa 4+3 ainda não conquistou o título mais importante da América do Sul com participação efetiva, feito que mostrou ser um grande desejo no dia 27 de novembro, na decisão diante do Flamengo.

- Temos uma grande chance no dia 27 de entrar cada vez mais pra história do clube. Espero que a gente possa dar esse passo tão importante para entrar na história do clube e ficar marcado pelo resto da vida. Sei que tenho uma importância dentro do clube, conquistando títulos desde 2015, fiz por merecer o carinho do torcedor. Procuro defender a camisa com unhas e dentes. Espero que quando eu parar de jogar, eu tenha as portas abertas aqui no Palmeiras, ser reconhecido, ter o carinho da torcida, é isso que levamos pra vida - disse o jogador, em entrevista exclusiva ao globosesporte.com.

Dudu participou efetivamente das classificações sobre o São Paulo e Atlético-MG, tendo marcado gols em ambos os times nas partidas decisivas. A 15 dias da final sul-americana, o Palmeiras conta com uma sequência positiva de seis vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, com Dudu sendo um dos principais nomes do time ao lado de Gustavo Scarpa e Raphael Veiga.

O atacante relembrou o gol marcado diante do Galo que garantiu ao Verdão a vaga na final, mostrando a emoção de disputar pela primeira vez uma final de Libertadores pelo Palmeiras.

- O gol significa muito, estou desde 2015 aqui, sempre tem o sonho de chegar em uma final de Libertadores, disputar um título de Libertadores. Em 2018, perdemos na semi para o Boca. Foi mais um alívio de falar que agora consegui chegar. Mas não basta só chegar na final, tem que chegar, fazer um grande jogo e conquistar o título - afirmou.

Mesmo tendo participado de dois jogos da fase de grupos da campanha do título da Libertadores de 2020, o que, mesmo assim, o coloca como campeão pelo clube, Dudu deixou claro que o sentimento nesta oportunidade é totalmente diferente.

- Joguei apenas dois jogos, se falar que fui campeão, eu fui por ter participado e ajudado em poucos jogos. Mas sei que tenho que ser campeão jogando, ajudando o time, estando no dia a dia do clube, e isso não pude participar no ano passado. Este ano posso participar, ajudando, fiz gols na semi e nas quartas, espero fazer na final também. Se não fizer, quem quer seja que faça o gol, que a gente conquiste o título - finalizou.

Com mais de 300 jogos com a camisa Alviverde, Dudu é um dos principais nomes da história recente do Palmeiras. Maior artilheiro do Allianz Parque, com 35 gols, o atleta já deixou sua marca no Palestra ao conquistar a Copa do Brasil em 2015 e o Brasileiros de 2016 e 2018.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos