Dudu não será julgado e pode voltar contra Jorge Wilstermann

Expulso na vitória sobre o Peñarol, o atacante Dudu não será julgado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Assim, o atleta precisará apenas cumprir uma partida de suspensão automática e pode retornar à Copa Libertadores contra o Jorge Wilstermann. A informação foi pulicada pelo Sportv.

Dono da tarja de capitão, Dudu foi expulso por reclamação pelo árbitro equatoriano Roddy Zambrano durante o dramático triunfo por 3 a 2 sobre o Peñarol, no Palestra Itália. Por meio de comunicado, a Conmebol informou ao Palmeiras apenas sobre a suspensão automática, sem posterior julgamento por sua comissão disciplinar.

Desfalcado de Dudu, o Palmeiras enfrenta o mesmo Peñarol às 21h45 (de Brasília) de quarta-feira, desta vez no Estádio Campeón del Siglo. Uma das alternativas para o técnico Eduardo Baptista para substituir o camisa 7 é promover Willian ao time titular.

O Palmeiras terá seu capitão de volta no confronto com o Jorge Wilstermann, marcado para as 22h45 do próximo dia 3 de abril (quarta-feira), no Estádio Felix Capriles, em Cochabamba. Com sete pontos ganhos, o time alviverde lidera o Grupo 5 da Copa Libertadores.

O Palmeiras tem chance de se classificar às oitavas de final do torneio continental já na noite desta quarta-feira. Além de ganhar do Peñarol, a equipe palestrina precisa que o Atlético Tucumán não ganhe do Jorge Wilstermann em jogo previsto para as 19h30 de terça, na Argentina.