Dudu fala de Abel na Seleção e comenta renovação de contrato: 'Só depende do Palmeiras'

Dudu completa 400 jogos pelo Palmeiras nesta quarta-feira (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras se sagrou campeão do Brasileirão na última quarta-feira e vive uma fase de tranquilidade no ano, após os deveres cumpridos. Assim, os jogadores também ficam mais leves e passam dar entrevistas. Foi o que aconteceu com Dudu, que falou com o Seleção SporTV e com o Jogo Aberto, da Band. Em ambos ele tratou de temas interessantes, como Abel Ferreira e renovação de contrato.


> Confira a comemoração do Palmeiras no trio elétrico
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

No papo que teve com o Jogo Aberto, o camisa 7 do Verdão foi questionado sobre seu vínculo com o clube, que acaba em dezembro de 2023. As tratativas entre as partes acontecem há alguns meses e já tiveram várias rodadas de negociação. Segundo apuração do LANCE!, o entrave é o tempo de contrato. Para Dudu, por sua vez, a bola está com os dirigentes alviverdes, já que seu estafe já topou os pedidos.

- Sobre renovação, a gente está conversando. O Palmeiras sabe de todo o nosso desejo de ficar, de continuar fazendo história no clube. A gente tem certeza que, com a presidente (Leila Pereira), com o Anderson Barros, essa renovação vai sair em questão de tempo. Tudo que o Palmeiras pediu, a gente concordou. Agora só depende do Palmeiras - disse o atacante à Band.

Mais tarde, no Seleção SporTV, a entrevista não abordou o tema da renovação contratual, mas buscou falar da relação de Dudu com Abel Ferreira. O jogador explicou como foi o início das conversas com o treinador depois de ele voltar de sua passagem pelo Al Duhail, do Qatar, quando a equipe já tinha uma estrutura de jogo adotada.

- Quando voltei do !atar, tive uma conversa com o Abel, ele não me conhecia e eu não conhecia ele. Falei que sempre me dedicava bastante e estava querendo ajudar o clube, que onde me colocasse do meio para frente eu estava disposto a dar o meu melhor. Ele disse que até um pouco atrás também, todo mundo sabe que me dedico e quero sempre ajudar. Onde ele me põe, faço o meu melhor. Tem jogos em que não vamos bem, mas procuro sempre ajudar meus companheiros - esclareceu o camisa 7 palmeirense.

Feliz com o comando do técnico no Verdão, Dudu sabe que o potencial de Abel vai além do clube e acredita que o português poderia reproduzir o que faz hoje numa possível ida para a Seleção Brasileira. Segundo o atacante, o comandante deveria aceitar.

- O Abel faria um grande trabalho, sabe administrar os jogadores, as pessoas que trabalham com ele. Se pintar essa oportunidade, tem que ir, ficaria muito honrado. Seria o primeiro estrangeiro. Se tiver esse privilégio, tem que ir, mostrar o que fez de melhor no Palmeiras na Seleção Brasileira - concluiu o ídolo alviverde.

Dudu conquistou seu nono título com a camisa do Palmeiras, a qual defende desde 2015, quando foi contratado como principal reforço da reconstrução do clube. Foi o terceiro título brasileiro do camisa 7 pelo Verdão. 2016, 2018 e 2022 estão na conta do "Baixola".