Dudu: 'homem clássico' do Palmeiras reencontra Corinthians, rival mais 'cascudo'

Desde que chegou ao Palmeiras há quase cinco temporada, Dudu sempre foi um dos principais jogadores do time. Seu desempenho nos clássicos chamou a atenção da torcida, que logo o adotou como ídolo. Porém, seu números contra o Corinthians não são tão bons assim.

Neste sábado, Palmeiras e Corinthians se encontram no Pacaembu, às 19h, pela 32ª rodada do Brasileirão. O estádio, por sinal, foi palco do segundo e último gol de Dudu contra o Alvinegro, em 2016. No Paulistão daquele ano, o Palestra venceu a partida por 1 a 0.

O atacante palmeirense se recuperava de lesão e por isso começou o jogo no banco de reservas. Aos 16 minutos da segunda etapa, ele entrou no lugar de Robinho. Aos 30, um pênalti foi assinalado para o Corinthians. Lucca cobrou, Prass defendeu e iniciou o contra-ataque do Alviverde, que terminou com um gol de cabeça do baixinho Dudu. A vitória deu fim a um jejeum de 21 anos sem vitórias do Palmeiras sobre o maior rival no Pacaembu.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Dudu Gabriel Jesus Palmeiras Cotinthians 2016
Dudu Gabriel Jesus Palmeiras Cotinthians 2016

"Este ano é outro momento, outra história, e será mais uma partida bem complicada. Eles venceram no meio de semana e virão embalados, mas nós estamos muito focados e iremos fazer de tudo para realizar um bom jogo. Espero que a torcida lote o Pacaembu, nos apoie bastante, como sempre faz, e nos ajude a sair de campo com o resultado positivo”, afirmou o camisa 7.

Dudu completou 50 clássicos no último dia 30, contra o São Paulo. E justamente contra o Corinthians ele tem o pior retrospecto e marcou menos gols. Foram somente dois gols em 16 partidas. Além disso, o time do Parque São Jorge tem mais vitórias: 8 contra 5 dos palestrinos.

Mas Dudu é a principal esperança para dar a vitória ao Palmeiras. Tentando diminuir a diferença de pontos para o Flamengo, líder da competição, o time de Mano Menezes reencontra o maior rival em má fase - embora a vitória no meio de semana por 3 a 2 tenha dado mais confiança ao time depois da saída de Fábio Carrile. Lembrando que o Corinthians será dirigido por Dyego Coelho até o final do ano, quando então assume o novo comandante, Tiago Nunes.

Confira o retrospecto de Dudu em clássicos:

Números totais:

50 jogos
23 vitórias
9 empates
18 derrotas
10 gols
15 assistências

Dudu x Corinthians:

16 jogos
5 vitórias
3 empates
8 derrotas
2 gols
3 assistências

Dudu x São Paulo:

15 jogos
10 vitórias
3 empates
2 derrotas
4 gols
5 assistências

Dudu x Santos:

19 jogos
8 vitórias
3 empates
8 derrotas
4 gols
7 assistências

Leia também