Duas vitórias e pênalti polêmico a favor: Fluminense conhece árbitro de partida contra o Palmeiras

·2 min de leitura


A CBF já divulgou qual será a arbitragem para o confronto entre Fluminense e Palmeiras, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, às 18h15, no Maracanã. Caio Max Augusto Vieira apita a partida, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores. Todos eles são do Rio Grande do Norte.

Quem comanda o VAR é Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, também do Rio Grande do Norte. O árbitro principal já apitou seis partidas do Fluminense, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas do Tricolor. Os dois triunfos foram como mandante.

Ele deu sete amarelos e nenhum vermelho para os cariocas. O último foi diante do Criciúma, na derrota por 2 a 1 na Copa do Brasil. Naquela ocasião, houve um pênalti polêmico marcado a favor do Flu. No lance, o árbitro viu toque de Hélder nas costas de Luccas Claro, mas que não houve intervenção do VAR.

Veja a tabela do Brasileirão

Além disso, houve também os triunfos contra o Atlético-GO por 1 a 0 em 2020, pela Copa do Brasil, e um 2 a 1 sobre o Grêmio em 2019, no Brasileiro. Neste caso, no Maracanã, os gaúchos reclamaram de dois pênaltis, mas, após um deles ser analisado pelo árbitro no VAR, nada foi dado. Teve também um lance para os cariocas que, mesmo sendo chamado ao vídeo, Caio Max não deu.

Antes disso, o Tricolor empatou com Luverdense em 2019 na Copa do Brasil, competição que Caio Max também apitou na derrota por 3 a 1 para o Horizonte, em 2014, a primeira que do Flu que ele esteve. Houve também um empate em 0 a 0 com o América-MG em 2018.

Sem margem para erro e sonhando com a Libertadores, o Fluminense volta a atuar em casa no domingo, contra o Palmeiras. Vindo de uma derrota contra o Grêmio, o Tricolor está em oitavo, com 42 pontos. O Corinthians, em sexto, tem 47 e o Internacional tem 44. As duas equipes ainda jogam nesta 31ª rodada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos