Du Queiroz comenta rodízio de Vítor Pereira no Corinthians: 'Todo mundo tenta brigar pelo seu espaço'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Du Queiroz em ação pelo Timão contra o Bragantino (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Desde os 13 anos no Corinthians, Du Queiroz vem se consolidando na equipe principal sob o comando de Vítor Pereira. Jogador mais utilizado pelo português no clube alvinegro, o volante negou os boatos de que o elenco não está comprando a ideia do rodízio implementado pelo treinador, e afirmou que isso aumenta a competividade na disputa por posições.

> GALERIA: Renato Augusto decide contra o Bragantino; veja notas do Timão

- O ambiente está bom, todo mundo se dá bem e tenta brigar pelo seu espaço, assim como o Róger Guedes briga pelo espaço dele, eu brigo pelo meu. O clima está gostoso, estamos ganhando, não estamos tomando gols, isso vai ganhando consistência no grupo para bater campeão - revelou o atleta de 22 anos nascido no bairro do Butantã, de São Paulo, em entrevista ao programa "Sportcenter".

Mesmo com o rodízio instaurado pelo português, Du Queiroz vem sendo figurinha carimbada na escalação inicial do Timão. Em relação aos minutos em campo, ele é o terceiro jogador de linha do plantel no Timão com mais tempo em campo, atrás apenas do zagueiro João Victor e Róger Guedes.

O volante se mostrou à disposição do treinador, e ressaltou que as oportunidades que vem recebendo o ajudaram em sua carreira.

- A gente quer jogos todos os jogos, mas ele (Vítor Pereira) faz essas análises. Hoje em dia, temos muitas tecnologias que mostram quando estamos um pouco mais cansados, e ele mostra isso para a gente. Estou à disposição dele, o máximo de oportunidades que eu tiver, vai ser importante para o meu crescimento e evolução. Feliz com as oportunidades que ele vem me dando. Todos os jogos que entrei com ele, fui bem. Ajuda a ganhar mais confiança - declarou.

> TABELA - Confira a tabela e simule os jogos do Timão no Brasileirão

O camisa 37 revelou manter conversas com Vítor Pereira, que o está ajudando na saída de bola e posicionamento corporal.

- Ele (Vítor Pereira) me chamou para conversar, perguntou se eu estava disposto a aprender, e eu disse que sim. Ele está me ajudando na saída de bola, posicionamento corporal. No meio-campo, precisamos receber a bola de lado, e não de costas, esse está sendo um ponto que está me ajudando. Alguns trabalhos específicos depois do treino, de passe e finalização. Ele está me ajudando a crescer - disse.

O volante também destacou o forte início do Timão no Brasileirão. A equipe do Parque São Jorge lidera a competição com 12 pontos em cinco jogos.

- Em um campeonato forte como o Brasileirão, é importante pontuar desde o começo. Estamos tentando fazer o máximo de pontos possíveis nesse começo porque sabemos a quantidade de jogos que temos na competição. Isso é importante para seguirmos com o nosso objetivo de ser campeão - comentou.

VEJA OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA DE DU QUEIROZ

COBRANÇA POR MAIS GOLS

- Sim, me cobro. Ontem joguei um pouco de primeiro volante, fiquei mais preso. Agora com a chegada do Maycon, consigo ter mais liberdade. Me cobro, acho importante volante chegar na área e ter gols.

INÍCIO MELHOR QUE 2017, ANO DO HEPTA

- Que assim seja (risos). Sabemos que o Campeonato Brasileiro tem muitos jogos, quanto mais conseguirmos pontuar no início, é importante, porque no final vamos precisar. Temos que aproveitar o momento.

REAÇÃO DO RÓGER GUEDES COM VÍTOR PEREIRA APÓS A VITPORIA CONTRA O BRAGANTINO

- Ninguém fica feliz ao começar no banco, sair. É natural, somos seres humanos, não tem nada demais, o clima está bom e vamos melhorar ainda mais.

SER USADO NA LATERAL-DIREITA

- Não falamos sobre isso. Ele viu bastante jogos meus na lateral-direita, mas não cheguei a jogar na lateral com ele. Tem a opção do Rafael Ramos, o próprio Fagner. Não precisa tanto, mas se precisar, estou à disposição.

PRIMEIRO OU SEGUNDO VOLANTE

- Temos que ter essas duas opções. Um volante moderno tem que saber marcar, pisar na área, e para mim é importante fazer as duas funções.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos