Drubscky confirma interesse do Cruzeiro em Romero, mas diz que o negócio é difícil por falta de dinheiro

Valinor Conteúdo
LANCE!


O Cruzeiro confirmou que existe interesse em ter no seu elenco novamente o argentino Lucas Romero, de 26 anos, que atualmente defende o Independiente, da Argentina.

Todavia, a Raposa tem tratado com cautela a situação, pois Romero recebe em dólar, o que pode ser um grande entrave na sua contratação. O clube mineiro tenta achar meios de conseguir viabilizar o negócio e conta com a vontade do volante de retornar a Belo Horizonte menos de um ano após sua partida.


O próprio diretor de futebol do clube, Ricardo Drubscky, falou na vontade de contar com Lucas Romero, mas deixou claro que o problema é ter recursos para o negócio, já que a Raposa está em fase de contenção de gastos.

-O nome que surgiu lá no dia a dia foi o Romero. Não é um sonho que a gente pode vender para o cruzeirense, de bandeja. Os valores são muito grandes. Mas é um nome que surgiu em várias esferas dentro do clube. Dizer que está em negociação seria aumentar muito o que está acontecendo agora - disse o diretor de futebol ao Canal Somos Gigantes.







Além dos salários de Romero, que aceitou jogar dentro do teto salarial estabelecido pelo Cruzeiro, há de se conseguir uma quantia para recompensar o Independiente, que só aceita vender o jogador. Ricardo Drubscky, disse, para animar o torcedor, que o presidente Sérgio Santos Rodrigues quer presentear o torcedor com algo bom para o clube.

- O presidente está muito envolvido em fazer algo diferente, com pés no chão. A vinda do presidente já trouxe alegria especial ao cruzeirense. Ele está colocando em dia o pagamento, está organizando processos. Está com compromisso particular de dar algum presente para o torcedor cruzeirense. Vai depender dele conseguir, de colocar o pé no chão. Ser comedido nessa dificuldade. Vamos aguardar, estamos trabalhando forte. Esse foi o jogador que surgiu, que está nos bastidores, mas vamos aguardar- concluiu.


Lucas Romero jogou no Cruzeiro entre 2016 e 2019, fazendo 152 jogos, marcando três gols pela Raposa. Em agosto do ano passado, o time azul recebeu uma proposta do Independiente, que pagou 5 milhões de dólares na época pelo jogador, que além de jogar bem no meio de campo, teve boas atuações na lateral-direita, quando foi improvisado na posição.

Na Raposa foram quatro títulos. Dois bicampeonatos, do Campeonato Mineiro, em 2018 e 2019, e da Copa do Brasil, em 2017 e 2018.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também