Draft da NBA será realizado virtualmente

·1 minuto de leitura
O comissário da NBA, Adam Silver
O comissário da NBA, Adam Silver

A NBA (a liga de basquete profissional dos Estados Unidos) anunciou nesta quinta-feira que realizará seu draft (processo de escolha de novos jogadores) para 2020 de forma virtual neste mês devido à pandemia do coronavírus, como outras ligas como o futebol americano (NFL) ou o basquete feminino (WNBA) tiveram que fazer. 

O evento, no qual as 30 equipes da liga americana selecionam os melhores talentos do basquete universitário e do exterior, acontecerá no dia 18 de novembro pela primeira vez nos estúdios da ESPN em Bristol, no estado de Connecticut.

 O comissário da NBA, Adam Silver, e seu vice, Mark Tatum, irão revelar as escolhas da primeira e da segunda rodada do estúdio e se conectar virtualmente com os melhores jogadores escolhidos. 

A pandemia, que obrigou à suspensão da temporada da NBA de março para julho, também causou o adiamento da cerimônia de recrutamento, originalmente marcada para 25 de junho no Barclays Center, casa do Brooklyn Nets (Nova York). 

De acordo com o sorteio de posições realizado em agosto, o Minnesota Timberwolves selecionará primeiro no draft, seguido pelo Golden State Warriors, Charlotte Hornets, Chicago Bulls, Cleveland Cavaliers, Atlanta Hawks e Detroit Pistons. 

Entre os jogadores favoritos para serem escolhidos nas primeiras posições estão o armador LaMelo Ball, irmão mais novo do jogador do New Orleans Pelicans, Lonzo Ball; o ala Anthony Edwards (Universidade da Geórgia) e o pivô James Wiseman (Universidade de Memphis).

gbv/ma/lca