Dracena defende folga de dois dias do Verdão após derrota em Campinas

O Palmeiras voltou a treinar nesta quarta-feira, na Academia de Futebol, mas passou os últimos dois dias de folga após a derrota de domingo para a Ponte Preta. Apesar do descanso incomum após o revés, o zagueiro Edu Dracena justificou a pausa nos trebalhos.

“Tivemos dois dias de folga, foram importantes para nós. Ficar dois dias em casa com a família, com as pessoas que você ama, faz você pensar que vale a pena qualquer esforço que vamos fazer nesse jogo de sábado para conseguir a classificação”, afirmou.

Após perder o primeiro jogo para a Macaca por 3 a 0, em Campinas, o Alviverde precisa de uma goleada por quatro gols de diferença para avançar, ou um triunfo por três tentos de vantagem para levar a decisão para os pênaltis. Mesmo assim, o beque voltou a demonstrar confiança na classificação alviverde.

“Em nenhum momento passa dúvida na cabeça de nenhum jogador aqui dentro. Já passamos por momentos difíceis até chegar ao Palmeiras. Vai ser mais um que vamos enfrentar. Daqui uns anos vamos olhar para trás e ver que valeu a pena todo esforço e dedicação para ajudar o Palmeiras”.

Leia mais:

Dois anos após empurrão em árbitro, Dudu não leva cartões no Paulistão

“Procuro pensar positivo. Meu lema é jamais desistir, se não, teria desistido na minha primeira lesão no joelho, e já tive quatro. Vim para o Palmeiras sabendo onde podemos chegar. A confiança que temos no elenco e nas pessoas que trabalham e comandam a equipe faz com que você entre perdendo de 3 a 0 e tendo condições de reverter”, finalizou o zagueiro.