Douglas Santos, cria da base do Náutico, faz visita ao CT do Timbu

·1 min de leitura
Tiago Caldas/CNC


Nome de identificação com o Náutico desde a formação até as primeiras aparições como profissional, o lateral-esquerdo Douglas Santos, atualmente no Zenit-RUS, aproveitou o período de férias no futebol europeu para fazer uma visita ao CT do Timbu na última semana.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Em palavras ditas ao portal 'ge', o jogador reforçou o carinho que tem pelo Alvirrubro e relembra a importância de figuras com caráter de idolatria no Náutico para a sua formação:

- É como voltar para casa. É um prazer visitar o clube que me abriu as portas para eu chegar onde estou hoje. Fico contente por ver o que o Náutico se tornou e fico feliz de ver a grandeza do clube. Infelizmente, está na Série B, mas o lugar do Náutico é a Série A. Fiz muitos amigos aqui. Joguei com Kieza em 2012, mas queria agradecer especialmente a Kuki. Ele me ajudou bastante no início e eu costumo dizer que eu não teria me tornado o Douglas Santos que sou hoje, se não fosse ele.

Questionado sobre a possibilidade de retornar um dia ao clube pernambucano, Douglas não descartou totalmente a chance, mas preferiu não ser específico com relação a datas ou mesmo seu destino, já que também confessou nutrir carinho pelo Atlético-MG, última equipe no futebol nacional antes de rumar para a Europa.

- O carinho que eu tenho com o Náutico e também com o Atlético-MG é especial. Eu converso sempre com a minha esposa, na mesa de jantar, para onde a gente vai no futuro. É algo que a gente planeja e vamos ver o que vai acontecer - assegurou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos