Dortmund marca aos 43 e assume terceira colocação do Alemão

O Borussia Dortmund quase deixou escapar uma grande chance de ganhar posições na tabela do Campeonato Alemão. Neste sábado, os auri-negros visitaram o Borussia Monchengladbach e contaram com a estrela do atacante Guerreiro para garantirem a vitória por 3 a 2.

Parecia que o Dortmund teria que se contentar com um empate. A equipe abriu o placar com Marco Reus, de pênalti, mas viu o Monchengladbach empatar ainda no primeiro tempo. Já na segunda etapa, o lateral Schmelzer marcou contra e deixou o Dortmund em situação complicada. Aí, coube aos atacantes Aubameyang e Guerreiro marcarem e garantirem a suada vitória.

Com o resultado, o Dortmund assumiu a terceira colocação do Alemão, ultrapassando o Hoffenheim. Com 56 pontos, os auri-negros estão virtualmente classificados à fase de grupos da Liga dos Campeões. Na próxima rodada, a equipe do técnico Thomas Tuchel encara o Koln.

O jogo – Jogando em casa, o Monchengladbach começou em ritmo alucinante, pressionando a saída de bola do Dortmund e arriscando algumas jogadas de ataque. No entanto, aos 10 minutos, uma infelicidade da zaga fez com que o Dortmund abrisse o placar. Após pênalti cometido por Dahoud, coube a estrela Reus assumir a responsabilidade e converter: 1 a 0.

Atrás no placar, coube ao Monchengladbach se lançar ao ataque e procurar o gol de empate. A princípio, a equipe esbarrou na forte defesa do Dortmund, mas, já no fim do primeiro tempo, conseguiu balançar as redes com Stindl batendo cruzado.

Já na segunda etapa, logo aos três minutos, o Dortmund sofreu um “balde de água fria”. Após cruzamento rasteiro, o lateral Schmelzer mandou a bola contra o próprio patrimônio e deixou os auri-negros atrás do placar. O Dortmund passou a ficar mais com a bola e apostar nas jogadas de velocidade. Em um rápido contra-ataque, Dembele deixou o atacante Pierre-Emerick Aubameyang na cara do gol, e o gabonês driblou o goleiro e finalizou com categoria: 2 a 2.

O gol da vitória saiu nos minutos finais de partida. Após muita insistência, Castro cruzou na cabeça do meia Raphael Guerreiro, que desviou e anotou o terceiro do Dortmund.