Dortmund e Gotze não negociam e alemão deve deixar clube aurinegro


Mario Gotze pode estar de saída, pela segunda vez, do Borussia Dortmund ao final desta temporada. Após ter sido destaque no início de sua carreira com a camisa aurinegra e ter marcado o gol do título da Alemanha na Copa de 2014, o alemão nunca conseguiu se firmar no Bayern de Guardiola e ao tentar voltar o Signal Iduna Park, não obteve o mesmo sucesso da primeira passagem. Devido a crise do coronavírus que parou a Bundesliga, tudo indica em um adeus silencioso.

O contrato do meia atacante se encerra no final de junho e nenhuma parte se interessou por iniciar uma negociação de renovação de contrato. Enquanto o Dortmund conta com outros destaques, como Haaland e Sancho para o setor ofensivo, o atleta de 27 anos não tem estado satisfeito com o banco de reservas. Além disso, Gotze quer receber cerca de 10 milhões de euros (R$ 55 milhões) por ano, o que dificulta ainda mais qualquer acordo.

Com apenas 14 minutos jogador no ano de 2020, uma saída pela porta dos fundos não é descartada. Ainda não há previsão de quando o Campeonato Alemão irá retornar, mas o mais provável é que Gotze amargue o banco até o final de seu contrato, enquanto o Dortmund briga na disputa pelo título com os bávaros.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também