Dorival valoriza empate e vê Santos anulando Santa Fe em ‘grande jogo’

O Santos chegou em Bogotá, na Colômbia, disposto a não perder para o Santa Fe, nesta quarta-feira, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Abdicando do ataque no primeiro tempo, o Peixe apenas segurou a equipe colombiana e só arriscou algumas jogadas após o intervalo. A estratégia surtiu efeito e o alvinegro saiu do estádio EL Campín com um empate em 0 a 0 na bagagem.

O técnico Dorival Júnior, por sua vez, demonstrou satisfação com o resultado. O comandante, inclusive, vibrou com o fato do alvinegro ter conseguido ‘anular’ o ataque do time colombiano.

“Foi um grande jogo, muito disputado. Tivemos a proposta de fechar os setores de criação do Santa Fe. Qualquer resultado que se deixe de fazer pode oferecer uma posição inversa (na tabela). Faremos dois jogos em casa e um fora, e eu computo esse ponto como importantíssimo. Não fomos tecnicamente brilhantes, mas foi um jogo disputado, com muita garra. Foi um jogo com características de Libertadores, fugindo das características do Santos, que procura trabalhar mais a bola. Temos que dar valor ao ponto conquistando, buscando classificação em chave difícil, com grandes equipes e jogos complicados”, explicou Dorival em entrevista coletiva após o embate desta quarta.

Com o empate, o Peixe chegou aos 5 pontos e manteve-se na ponta de sua chave na competição continental. Na próxima rodada da Libertadores, Santos e Santa Fe voltam a se enfrentar. Desta vez, porém, o duelo terá mando do alvinegro e acontecerá no Pacaembu, no próximo dia 4 de maio, às 21h45 (de Brasília).

Eliminado do Campeonato Paulista, a equipe santista ficará 14 dias apenas treinando para o novo embate frente aos colombianos.