Dorival terá seis dias de preparação no Santos para decisões das quartas

Gabriela Brino
Além de Lucas Lima, machucado, Leandro Donizete sentiu dores no joelho e não fica nem no banco. Lateral-direito Victor Ferraz reforça o Peixe na Vila Belmiro

Após o Santos ser derrotado pela Ponte Preta na tarde deste sábado por 1 a 0, o técnico Dorival Júnior poderá se tranquilizar, pois finalmente o Santos terá seis dias para se preparar para o jogo com a Macaca na próxima segunda-feira, no Pacaembu, às 20h, pelas quartas de final, fato que não acontecia desde a primeira rodada do Paulista.

O time irá folgar dois dias, retomando aos treinos apenas na terça-feira. Geralmente, o Peixe tem apenas três ou quatro dias de preparação antes de seus jogos. A última vez em que o período foi tão grande ocorreu entre a primeira e a segunda rodadas do Paulistão, nos jogos contra Linense e Red Bull. Naquela oportunidade o tempo foi bem aproveitado, já que o time venceu por 3 a 2.

No momento o Alvinegro disputa apenas o Estadual, mas a equipe da Baixada terá em breve a volta dos jogos na Libertadores. Além disso, se o time de Dorival avançar para a semifinal, vai ter que se dividir entre as duas competições.

O Santos precisará vencer com dois gols de diferença para avançar diretamente à semifinal . Caso o Peixe ou a Ponte leve a vitória por um gol de diferença, a partida será decidida pelos pênaltis.










E MAIS: