Dorival mantém dúvida e definirá volta de Lucas Lima ‘na conversa’

O Santos ainda não tem uma formação definida para o jogo contra o Corinthians, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), em Itaquera, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Mesmo após contar com os retornos de Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Renato nos treinamentos da última quinta-feira, o técnico Dorival Júnior seguem na dúvida se terá o trio à disposição no clássico.

Quem mais preocupa é o camisa 10, que sofreu com um estiramento no ligamento colateral lateral do joelho esquerdo. Caso ele não tenha condições de jogo, Bruno Henrique segue como titular e Vitor Bueno é recuado para o meio de campo.

“O que existe é o seguinte: Lucas teve problema no joelho. Ficou com uma certa folga. Isso gera insegurança. Está fazendo tratamento, fortalecimento paralelo, e trabalhos de campo. Enquanto não me passar segurança total, não joga. Correr em linha reta, medindo passada, é uma coisa, correr recebendo bola, pressionado, mudando de direção, é outra. Completamente diferente. Quando falamos que jogador fica para poder ser poupado, é que trabalha, intensifica, faz muito mais, trabalha sábado, dois períodos e domingo um período. Com confiança, vai entrar. Se não tiver, temos que repensar de cada um deles. Cada dia que se inicia no CT é preciso ver o momento do atleta. Não há como definir anteriormente”, explicou Dorival Júnior.

Já Ricardo Oliveira vem treinando com uma touca após levar 15 pontos na orelha direita no embate diante do Botafogo-SP, na Vila. A comissão técnica espera contar com o camisa 9 no clássico. Porém, Kayke assume o posto caso o artilheiro seja vetado.

Por fim o volante Renato está praticamente garantido. Recuperado de um estiramento na panturrilha direita, sofrido no último dia 6 de fevereiro, ele já vem treinando normalmente e será titular no clássico. Apesar disso, Dorival Júnior mantém o mistério com os três atletas.

“Todos treinaram ao longo da semana. Ricardo tem situação delicada, faz alguns trabalhos. Renato começou a desenvolver melhor os últimos três trabalhos. Mas só hoje (sexta) teremos a definição”, concluiu.