Dorival isenta Cleber e admite preocupação com má fase do Santos

Dorival Júnior saiu em defesa de Cleber após a derrota por 1 a 0 para o Corinthians, na noite do último sábado, em Itaquera. No lance do gol do Timão, o zagueiro era o responsável pela marcação no atacante Jô, que recebeu cruzamento de Arana e venceu o zagueiro no alto para dar a vitória à equipe da casa.

“O Cleber vem melhorando a cada rodada, não tem essa de culpado pelo gol, é coletivo. Não existe isso. Ele ficou um bom tempo parado e temos que ter essa paciência. Os novos jogadores estão buscando adaptação e com ele não é diferente”, explicou o treinador.

Melhor jogador do Santos no jogo, o goleiro Vladimir também isentou Cleber de culpa pelo gol ao reconhecer a boa assistência feita pelo lateral esquerdo corintiano. “Ali foi apenas um detalhe. O cruzamento foi muito bom, rápido. O Jô fez a leitura aérea e o gol”, opinou.

Essa foi a terceira derrota do Santos nos últimos cinco jogos do Campeonato Paulista. A equipe soma 10 pontos e ocupa apenas a terceira posição do Grupo D, fora da zona de classificação para as quartas de final. E Dorival Júnior não esconde a preocupação com o mau momento do Peixe.

“Somos profissionais, naturalmente estamos preocupados, é a terceira derrota que tivemos esse ano. Diferente do ano anterior, que teve uma equipe consistente, e esse ano ainda não conseguimos encontrar. O treinador tem que tentar preparar novas situações para que essas perdas sejam minimizadas”, disse o técnico, que em seguida relativizou.

“Esses resultados não tem acompanhados o que a equipe representa. A segunda etapa o time teve outra maneira de jogar, foi pra cima, no primeiro tempo teve bons momentos na partida, mas o Santos ainda está procurando equilíbrio”, concluiu.

A primeira oportunidade para o Santos dar uma resposta à sua torcida será nesta quinta-feira, quando estreia na Copa Libertadores da América, às 21h45 (de Brasília), contra o Sporting Cristal, no Peru. Pelo Estadual, o Peixe voltará a campo no outro domingo, dia 12, diante do São Bernardo, às 18h30, fora de casa.