Dorival explica volta de Vanderlei e opções feitas no banco do Santos

Goleiro voltou após mais de um mês no departamento médico e sequer ficou no banco de reservas antes de retorno. Rodrigão tem ficado fora da lista de relacionados

Antes mesmo da vitória sobre o São Bento, na última quarta-feira, o técnico Dorival Júnior já havia decido que o goleiro Vanderlei voltaria a ser titular do Santos diante do Santo André, no sábado. A decisão foi tomada com antecedência por um único motivo: coerência.

Segundo o comandante alvinegro, o fato de Vanderlei ter se lesionado esteve acima do desempenho de Vladimir.

- Sobre o Vanderlei, ele saiu por causa de lesão e não seria coerente tirá-lo. E o Vladimir entendeu muito bem - resumiu.

O camisa 1 se machucou no dia 10 de fevereiro, durante um treino, quando quebrou o dedo anelar da mão esquerda e precisou passar por cirurgia.

Já a respeito da ausência de Rodrigão nos últimos jogos, Dorival foi sucinto.

- Eu tenho de trazer 23 jogadores. O Kayke foi titular no meio da semana, o Rodrigão trabalhou forte. É um jogador que será útil no nosso grupo, mas tenho de fazer opções - concluiu.









E MAIS: