Dorival destaca invencibilidade do Paysandu: “Podem surpreender”

Na teoria, o Santos é o grande favorito para vencer o Paysandu nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, e conseguir a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Porém, o Papão já vem dando demonstrações claras de que não será presa fácil para o Peixe.

Classificado para as finais da Copa Verde e do Campeonato Paraense, o time comandado por Marcelo Chamusca vem embalado na temporada. Com uma invencibilidade que já dura 15 partidas, o Paysandu ostenta o fato de estar há mais tempo sem perder este ano entre as equipes que disputam as Séries A, B e C do Brasileirão.

O técnico Dorival Júnior, por sua vez, destacou a invencibilidade do Papão e acredita que o Santos irá sofrer para avançar no torneio mata-mata.

“Teoricamente, sim (Santos favorito). Mas o Paysandu vem de 15 partidas invictas. São duas finais. Equipe interessante, muito bem treinada, então não vejo condição tão clara, não. Para chegar nesse momento, é porque tem qualificação. Teremos que ter nossos cuidados, jogar com intensidade e conhecendo as virtudes do nosso adversário para que não sejamos surpreendidos. A velocidade na transição deles é muito forte. São jogadores que trabalham por dentro e abrem espaços. Tem saída rápida dos laterais. Tem qualidade suficiente para nos surpreender desde que estejamos desguarnecidos. Teremos que ter muitos cuidados”, explicou o comandante santista, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Rei Pelé.

E para o embate contra a equipe de Belém, Dorival Júnior não fez mistério e já confirmou que Matheus Ribeiro entre os titulares nesta quarta-feira. Com Jean Mota suspenso na Libertadores, o comandante decidiu colocar o lateral ambidestro para que ele ganhe entrosamento e esteja bem diante do Santa Fe, no próximo dia 4, no Pacaembu, pela competição continental.

“Matheus quem joga. Ele assume e espero que seja muito feliz. Ele vem sendo trabalhado há 10 dias, estar treinando ao lado oposto. Já jogou assim em outras equipes, mas não com sequência. Espero que se sinta confortável e se dê bem. É um jogador interessante, que vem numa crescendo, melhorando em treinamentos e com real possibilidade de ganhar a vaga”, concluiu Dorival.