Dorielton, ex-Flu: quem é o brasileiro que joga na China e testou positivo para coronavírus

Goal.com

O futebol chinês ainda não começou e parece que está longe de começar. Devido ao surto de coronavírus, o início da primeira e da segunda divisão do Campeonato Chinês foi adiado e acaba de sofrer um novo golpe. Dori, atacante brasileiro do Meizhou Hakka, foi diagnosticado com Covid-19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Dori estava em Bangcoc, capital da Tailândia, e quando desembarcou no aeroporto de Guangzhou foi levado para o hospital. As informações são da AFP, que afirmou que todo o elenco do Meizhou Hakka, que disputa a segunda divisão chinesa, já está em quarentena.

Leia também:

Mas quem é Dori?

Dorielton Gomes Nascimento tem 30 anos e jogou pouco tempo no futebol brasileiro. Revelado pelo Fluminense, ele foi artilheiro da equipe na Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2009 mas quase não recebeu chances no time principal.

Foram duas partidas com os profissionais do Fluminense. Na primeira, viu seu time ser derrotado em casa para o Náutico por 2 a 0 no Brasileirão de 2008. Na segunda, e última, participou do empate sem gols com o Olaria pelo Campeonato Carioca.

No Brasil, ainda defendeu o Brasiliense e o Náutico, sem grande destaque. O jogador fez sucesso mesmo na China, onde defendeu Changchun Yatai, Harbin Yiteng (hoje Zhejiang Yiteng) e Inner Mongolia Zhongyou antes de atuar pelo Meizhou Hakka.

Na última temporada, ele disputou 26 jogos e marcou nove gols.

A temporada de futebol na China estava prevista para começar no dia 22 de fevereiro mas foi adiada, sem data certa para voltar. É válido lembrar que a China foi o primeiro país a ser atingido pelo coronavírus e ainda é o país com mais casos no mundo.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também