Dono do Manchester City pagará viagem de torcedores para final da Liga dos Campeões

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Manchester City está pela primeira vez na final da Liga dos Campeões
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Manchester City anunciou nesta terça-feira que o proprietário do clube, o xeque Mansour Bin Zayed al Nayan, pagará as despesas de viagem dos torcedores que forem à final da Liga dos Campeões em 29 de maio, no Porto.

O City tem 6.000 ingressos para o jogo com o Chelsea, na primeira decisão do time de Manchester na competição europeia.

A partida decisiva, que originalmente seria disputada em Istambul, foi transferida para Portugal por conta do aumento dos casos de covid-19, mas os torcedores dos dois clubes terão que entrar e sair do território dentro de 24 horas, mostrando um teste negativo recente na entrada do país.

Esta "iniciativa visa aliviar os encargos financeiros dos torcedores que foram, ou ainda estão, sujeitos a condições difíceis devido ao impacto da pandemia", explicou o City no seu comunicado.

Com uma fortuna estimada em 23 bilhões de libras (26 bilhões de euros), o Sheikh Mansour é um dos mais ricos proprietários de entidades esportivas do mundo e quis assim premiar a fidelidade dos torcedores que vão à cidade portuguesa.

"Pep (Guardiola) e a equipe fizeram uma temporada tão boa que a classificação para a final da Liga dos Campeões após uma temporada tão difícil representa um momento verdadeiramente histórico para o clube", explicou o bilionário.

"Portanto, é extremamente importante que o maior número possível de torcedores tenha a oportunidade de assistir a este jogo especial", acrescentou.

pi-hap/psr/lca