Dono do Cruzeiro, Ronaldo revela invasão de torcedores à Toca da Raposa

Centro de treinamento do Cruzeiro foi invadido por cerca de 30 torcedores, disse o Fenômeno - (Foto: Marco Ferraz/Cruzeiro)


Em live no seu canal da Twitch, o sócio majoritário das ações da SAF do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno, revelou que, nessa segunda-feira, a Toca da Raposa II foi invadida por cerca de 30 torcedores, membros de torcidas organizadas. O gestor celeste repugnou os atos, que, para ele, é "caso de polícia".

- Hoje, a Toca da Raposa foi invadida por, mais ou menos, 30 pessoas, 30 vândalos. Apesar que não usaram a violência, praticaram o ato de invadir a Toca da Raposa. Num deslize da nossa segurança, exigindo, cobrando algumas mudanças e já temos um interlocutor falando com os responsáveis das organizadas para ajudar a resolver os problemas que nos solicitam isso. Para mim são vândalos esses invasores. Isso é caso de polícia - disse.

+ Novidade no ar! Acompanhe as últimas negociações do Cruzeiro no mercado da bola

Em seguida, Ronaldo disse que, em caso de reincidência, o Cruzeiro tomará as medidas cabíveis, que, segundo ele envolvem punição quanto ao comparecimento dos torcedores aos jogos do clube. O motivo da invasão, segundo o que apurou a Rádio Itatiaia, seria a cobrança por ingressos a preços populares no Campeonato Mineiro e Brasileirão.

- Voltando acontecer isso vamos fazer nosso dever de casa para dificultar essas pessoas de entrarem no nosso jogos. (...) Essa invasão me pegou de surpresa, muito de surpresa. Estou muito decepcionado com esses falsos torcedores, porque não são torcedores. Vamos tomar as medidas cabíveis em relação a isso, não vamos tolerar esse tipo de comportamento na Toca, que é o nosso lugar de trabalho e precisamos de tranquilidade - afirmou o executivo