Dona da Americanas vai entregar produtos com tuc-tucs elétricos

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Tuc-tucs elétricos vão entregar encomendas feitas pelas plataformas digitais (Divulgação/B2W)
Tuc-tucs elétricos vão entregar encomendas feitas pelas plataformas digitais (Divulgação/B2W)
  • Dona da Americanas e Submarino vai entregar compras feitas online com tuc-tucs elétricos

  • Veículos aguentam de 400 kg a 600 kg

  • Só serão feitas entregas

A B2W digital vai colocar para rodar uma frota de 90 tuc-tucs elétricos - parecidos com aqueles usados na Índia - para entregar produtos vendidos pela internet nas capitais do Sudeste, Sul e Nordeste do Brasil. A dona das marcas Americanas, Submarino, Shoptime e Sou Barato diz que o objetivo é gerar menos impacto ao meio ambiente. As informações são do Estadão. 

Leia também:

"Além da eficiência de deslocamento, a nova frota evita as emissões de gases de efeito estufa (GEE), contribuindo com o alcance do ODS 13, da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), que incentiva medidas contra a mudança global do clima. A expectativa é que a frota deixe de emitir cerca de 3 toneladas de CO2 na atmosfera por mês", diz a empresa.

BRAZIL - 2020/09/05: In this photo illustration the Lojas Americanas logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Esse tipo de entrega de compras feitas online será feito apenas em curtas distâncias

Trajetos curtos

Em nota, a empresa informou que o uso dos veículos elétricos já vem sendo testado na cidade de São Paulo nos últimos meses e que os tuc-tucs elétricos conseguem transportar de 400 kg a 600 kg de carga. No entanto, as entregas serão feitas apenas em em curtas distâncias.

Welington Souza, diretor da LET’S - plataforma de gestão compartilhada dos ativos de logística e distribuição da Americanas e B2W - pontua que esse meio de transporte é mais eficiente que as bicicletas, por ter uma capacidade maior de levar produtos, e ainda reduz a emissão de gás carbônico. 

Parceiros terão treinamento para usar os tuc’tucs segundo a B2W,, já que a habilitação é necessária.