Dominick Cruz relata perda de memória em luta: "Como se não tivesse existido"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Dominick Cruz
    American mixed martial artist
LAS VEGAS, NEVADA - DECEMBER 11: Dominick Cruz reacts after being declared the winner by decision against Pedro Munhoz of Brazil in their bantamweight bout during the UFC 269 on December 11, 2021 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Lutador americano, que venceu Pedro Munhoz no UFC 269 não lembra de acontecimentos durante o embate. Foto: (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O lutador americano e ex-campeão do UFC, Dominick Cruz, concedeu entrevista sincera e, digamos assim, preocupante para o portal especializado MMA Fighting. No contato, o americano, que venceu o brasileiro Pedro Munhoz no UFC 269 por decisão unânime dos juízes relatou não ter se lembrado de momentos durante a luta.

Dominick disse ao site que perdeu a memória no primeiro round: "Você não pode ficar completamente feliz quando é abalado, nunca. E eu não sabia que isso acontecia. Quando estou na luta, estou apenas na luta. Quando estava na luta e isso aconteceu, a única coisa que vi foi que começamos a trocar, errei um soco, me levantei, mas essa mistura me desequilibrou. Não sabia que tinha sido atingido. Pensei que meu equilíbrio estava desequilibrado por causa da briga. As coisas pareciam um sonho. Você não sabe que está ferido, meio que só está lá. Acho que ele me acertou quando me inclinei contra a grade e meio que me abalou um pouco. Na minha cabeça, fui para a grade, mas sem socos. É como se aquele momento no tempo nunca tivesse existido".

Leia também:

O americano levou um duro golpe do brasileiro após escorregar sozinho perto da metade do primeiro round. Munhoz, então, aproveitou-se da situação e acertou Dominick, que caiu, mas conseguiu retomar a posição de luta e terminar o round.

Sobre este momento da luta, Cruz afirma que: "Na minha cabeça, não recebi nenhum soco em todo aquele momento. Todo o resto, eu estava lá. Meu corpo entrou em piloto automático por completo. Às vezes, você nem sempre é o martelo. Você pode tentar se preparar da melhor maneira, mas se você for o prego, pode resistir até o final?".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos