DOMINGO - Em fases opostas, Flamengo e Vasco fazem clássico no Mané Garrincha

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Flamengo venceu os três jogos até agora da Taça Rio, fez uma boa Taça Guanabara (apesar de perder o título na final) e goleou o San Lorenzo na Libertadores. O Vasco, por outro lado, estreou o treinador Milton Mendes na última rodada, com uma vitória que deixou o cruzmaltino um pouco mais aliviado. No entanto, o saldo da temporada ainda é negativo e o substituto de Cristóvão Borges terá muito trabalho pela frente.

É com esse espírito tão diferente que os dois clubes jogam neste domingo (26), às 18h30, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela quarta rodada da Taça Guanabara, em mais um clássico disputado fora do Estado do Rio de Janeiro.

O Flamengo segue com inúmeros desfalques, seja por contusão -caso de Rômulo, que continua fora por causa de um desgaste na panturrilha direita-, seja por causa das convocações para as seleções nacionais -caso de Guerrero, Diego e Trauco. Isso, contudo, não deve significar maiores problemas. O time quase reserva entrou muito bem contra o Bangu na goleada por 3 a 0 na quarta (22).

Para o Vasco, uma vitória é fundamental não apenas para continuar aumentando a moral do time, mas também na briga para avançar à semifinal do torneio. Com cinco pontos, o cruzmaltino está na segunda posição do grupo C, mas não pode bobear pois a concorrência é grande.

Luís Fabiano, que ainda não marcou com a camisa do Vasco, relembrou que sempre teve boas atuações contra o rubro-negro e vem com sede de gol. Milton Mendes também pode comemorar um fato inédito na temporada: pela primeira vez o time passou dois jogos seguidos sem tomar gol. Continuar com uma defesa pouco vazada é um dos objetivos do novo técnico.

FLAMENGO

Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz, Renê; Márcio Araújo, Willian Arão, Lucas Paquetá, Everton; Felipe Vizeu, Mancuello. T.: Zé Ricardo.

VASCO

Jordi; Gilberto, Jomar, Rafael Marques, Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu, Nenê, Andrézinho; Luís Fabiano. T. Milton Mendes.

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília

Horário: 18h30

Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos