Domènec Torrent se despede do Flamengo e da torcida: 'Vocês ficarão para sempre em meu coração!'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Demitido junto aos seus auxiliares (Jordi Guerrero e Jordi Gris), Domènec Torrent deixou o Flamengo nesta segunda-feira. O técnico ainda irá se despedir dos jogadores, presencialmente, mas já aproveitou o recurso das redes sociais para externar agradecimentos e deixar um recado à torcida rubro-negra.

- Como já é de conhecimento público, hoje deixei de ser treinador do Flamengo. Quero agradecer aos jogadores porque com eles compartilhamos muitas horas de trabalho, alegrias das vitórias, as dores das derrotas. Agradeço também o clube, médicos, preparadores, pessoal de staff, Marcos Braz e demais dirigentes do Clube. Meu agradecimento em especial a esta grande torcida. Obrigado, Nação Rubro Negra! Vocês ficarão para sempre em meu coração! Um grande abraço! - postou o catalão, em suas redes sociais.

Aos 58 anos, Torrent deixa o comando do time com 14 vitórias, quatro empates e seis derrotas (aproveitamento de 64,1%), além do time classificado para as quartas de final da Copa do Brasil, para as oitavas de final da Copa Libertadores e em terceiro lugar do Brasileirão. Ele foi anunciado como treinador do Flamengo em 31 de julho.

A demissão de Dome acontece após duas goleadas sofridas no Brasileiro: 4 a 1 para o São Paulo, no Maracanã, e 4 a 0 para o Atlético-MG, no Mineirão. As seguidas falhas - coletivas e individuais -, em especial no sistema defensivo, também pesaram para a decisão da diretoria em demitir Dome após 99 dias de trabalho - o primeiro treino sob o comando do espanhol foi em 3 de agosto.

Até o momento, o Flamengo tem Rogério Ceni com o principal alvo. Uma consulta ao estafe do treinador e ao Fortaleza já foi feita, inclusive, e a diretoria rubro-negra está confiante na contratação do ex-goleiro.

Por ora, Maurício Souza, do time sub-20 do Flamengo, comanda os treinos e o jogo desta quarta-feira, diante do São Paulo, no Maracanã e pela ida das quartas da Copa do Brasil.