Dois meses depois, peruano do Grêmio treina, mas estreia ainda deve demorar

MARINHO SALDANHA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Beto da Silva foi apresentado pelo Grêmio no fim de março, mas logo nas primeiras semanas de atividade sofreu uma lesão muscular na perna direita e desde então foi privado de treinos e partidas. Foram meses no estaleiro e recuperação até esta semana, quando voltou a trabalhar normalmente. Ainda ouvindo de Renato Gaúcho que precisa se recuperar, o peruano com cidadania brasileira vive a expectativa de fazer seu primeiro jogo, mesmo que ainda demore.

Beto tem 20 anos e fez categorias de base no Grêmio. Deixou o clube ainda jovem e começou a jogar profissionalmente no Sporting Cristal, do Peru. Sua passagem por Porto Alegre se deve à mãe, gaúcha. Por isso, ele morou durante a infância no Brasil.

Em seguida rumou ao PSV Eindhoven, da Holanda, onde disputou partidas pelo time B. Sem espaço, foi negociado com o Grêmio e firmou vínculo por quatro temporadas. Por 70% dos direitos, o clube gaúcho pagou 400 mil euros (R$ 1,3 milhão).

Só que o começo não foi nada fácil. Na segunda semana de treinamentos da pré-temporada, Beto acabou se lesionando. Desde então teve avanços e regressos entre fisioterapia e departamento médico. Está, agora, liberado definitivamente.

"Vai depender dele. Ele se recuperou de uma lesão muscular grave. Está trabalhando com o grupo e com bola, ontem e hoje [sexta]. Agora, precisamos dele 100%. Quem vai dar a resposta é o próprio jogador, que vai evoluir nos trabalhos físicos e técnicos. Tenho conversado bastante com ele. Os trabalhos têm sido intensificados para ele, vai evoluindo até ter condições de jogar. Quando vai estrear? Vai depender dele. Quando estiver 100%, vamos pensar em colocar para jogar", disse o técnico Renato Gaúcho.

Não vai ser simples. A última partida disputada por Beto foi em 23 de dezembro do ano passado. Ele esteve em campo durante 77 minutos da derrota do PSV B contra o Sunderland, da Inglaterra, por um torneio amistoso sub-23. Será necessário recuperar todo ritmo de competição para poder render o esperado no Grêmio.

O tricolor se preparar para encarar o Novo Hamburgo no domingo (16). O jogo das 16h abre a disputa por uma vaga na final do Gaúcho.