Dois meses após polêmicas por Barça e Real, Piqué e Ramos se encontram na seleção espanhola

Julen Lopetegui divulgou nesta sexta-feira (17), a lista de convocados da Espanha para os jogos contra Israel e França da próxima semana. Os nomes de Sergio Ramos e Gerard Piqué foram confirmados como já se esperava, e será o reencontro dos zagueiros de Barcelona e Real Madrid na seleção depois de muito tempo ... e de muitas polêmicas por seus clubes.

Especialmente neste ano de 2017, onde a rivalidade Real Madrid-Barcelona cresceu ainda mais, especialmente com as polêmicas arbitragens. E com Piqué e Sergio Ramos se colocando como porta-vozes informais das suas respectivas equipes

Sergio Ramos Gerard Pique Barcelona Real Madrid Clasico

 Getty Images

Não é difícil lembrar como Gerard Piqué incendiou as redes sociais não muito tempo atrás, quando twittou sobre a arbitragem no El Madrigal a favor do Real Madrid em comparação com lances semelhantes do Barcelona. Alguns dias mais tarde, Ramos passou a dizer na zona mista que não iriam encontrar seus tweets falando sobre os árbitros, em clara referência (sem nomear) a Piqué. 

Além disso, após o jogo contra o Betis, Ramos disse na zona mista entre risos sobre a histórica virada sobre o PSG que "a partida tinha sido histórica em todos os sentidos". Claramente se referindo (embora sem nomear ninguém) ao desempenho do árbitro, e as queixas contra a arbitragem feitas um pouco antes por Piqué, entre outros do Barcelona. 

Depois de todas essas mensagens veladas, na segunda-feira (20) será o momento em que Piqué e Ramos irão se encontrar cara a cara, sem redes sociais no meio, e desta vez, defendendo a camisa da seleção espanhola e não as de Real Madrid e Barcelona. Um cenário em que sempre demonstraram respeito e cumplicidade, mesmo com as muitas controvérsias que surgiram durante a temporada com seus clubes e entre si. 

GOAL

LEIA MAIS:
Guardiola pede tempo no City | Neymar comanda seleção da UCL | O novo avião do Real Madrid

GOAL